Análise da chave masculina do Australian Open
Análise da chave masculina do Australian Open

O primeiro Grand Slam do ano, Australian Open, realizará sua 105ª edição em Melbourne entre os dias 16 e 29 de janeiro e terá como premiação total o valor recorde de A$ 50 milhões, um aumento de 14% em relação à edição passada.

Novak Djokovic, o atual campeão do torneio e número dois do ranking, terá o espanhol Fernando Verdasco, 40, como adversário na primeira rodada. O último confronto entre eles aconteceu semana passada no ATP 250 de Doha, onde o sérvio salvou cinco matchpoints e venceu de virada. O ex número um ainda pode ter na sua frente o búlgaro, que vem embalado após vencer três top 10 e se consagrar campeão do ATP 250 de Brisbane, Grigor Dimitrov, em uma eventual oitavas de final. Milos Raonic e Rafael Nadal são possíveis adversários na semifinal.

Andy Murray, líder do ranking, busca seu primeiro título no Major australiano após cinco finais. O britânico enfrentará o ucraniano, 93, Illya Marchenko e poderá enfrentar nas oitavas de final o jovem francês Lucas Pouille. Nas quartas, tem Kei Nishikori  e Roger Federer como possíveis oponentes, além de Stan Wawrinka na semifinal.

O suíço detentor de 17 Grand Slams, Roger Federer, terá como adversários nas duas primeiras rodadas, jogadores vindos do Qualificatório. Poderá enfrentar o tcheco Tomas Berdych na terceira rodada e ainda ter na sua frente Andy Murray e Stan Wawrinka para tentar sua vaga na final do torneio.

O espanhol Rafael Nadal estréia contra o alemão, 49, Florian Mayer. Na terceira rodada poderá enfrentar a promessa germânica Alexander Zverev. Um confronto contra Federer, que poderia acontecer em uma possível terceira rodada, só ocorrerá caso os dois alcancem a final.

Stan Warinka não terá facilidade no primeiro Grand Slam do ano. Enfrentará na primeira rodada o número 35, Martin Klizan, podendo ainda cruzar com o polêmico australiano, Nick Kyrgios nas oitavas e ainda ter na sua frente o francês Jo-Wilfried Tsonga, finalista do torneio na edição de 2008, Marin Cilic, Jack Sock e Bernard Tomic como possíveis oponentes nas quartas.

O cabeça de chave número três, Milos Raonic, começará sua trajetória no torneio enfrentando o alemão Dustin Brown. Nas quartas de final poderá cruzar com o francês conhecido por seu jogo exótico, Gael Monfils.

Os brasileiros não tiveram sorte no sorteio. Thiago Monteiro reencontrará Jo-Wilfried Tsonga em uma primeira rodada após os dois terem se enfrentado na última edição do Rio Open com surpreendente vitória do cearense. Thomaz Bellucci pega o polêmico anfitrião Bernard Tomic, no último confronto entre eles, o paulista conseguiu uma bela vitória por duplo 6/2 no ATP 250 de Shenzhen. Rogério Dutra Silva terá como oponente o americano Jared Donaldson. Guilherme Clezar e André Ghem ainda podem entrar na chave principal por meio do Qualificatório.

Entre os que podem surpreender, destacam-se o austríaco Dominic Thiem, o alemão Alexander Zverev, o russo Daniil Medvedev que fez sua primeira final de ATP na semana passada em Chennai e o local Alex de Minaur, ex número dois do juvenil e que vem em grande ascensão desde a última temporada. Além disso, Tommy Haas voltará a jogar após ter feito uma pausa por lesão que durou mais de um ano.

Caso Novak Djokovic seja campeão, ele será o primeiro tenista das duas eras, aberta e amadora, a vencer sete vezes o torneio australiano. Andy Murray busca vencer o título pela primeira vez após ter sido vice por cinco vezes. Rafael Nadal sendo campeão será o primeiro jogador desde Rod Laver a vencer pelo menos duas vezes cada Grand Slam. Já Roger Federer busca seu tão desejado 18º título em Majors.

VAVEL Logo