Andreescu completa semana dos sonhos com vitória sobre Kerber e fica com título de Indian Wells
Foto: Divulgação/WTA

Andreescu completa semana dos sonhos com vitória sobre Kerber e fica com título de Indian Wells

Jovem canadense superou problemas físicos e, com virada na terceira parcial, superou a ex-número um para vencer o primeiro título WTA aos 18 anos

anaracheel
Ana Carneiro

A final feminina do BNP Paribas Open, primeiro evento WTA Premier Mandatory da temporada, aconteceu na tarde deste domingo (17) entre a #8 Angelique Kerber e a #60 Bianca Andreescu. Na partida de 2h18 foi a jovem canadense de 18 anos que levou ao melhor, ao bater a ex número um por 6/4, 3/6 e 6/4. Andreescu conquistou sua terceira vitória em cima de tenistas top 10 (Wozniacki - Auckland, Svitolina, Indian Wells) na temporada e o maior título da ainda iniciante carreira com o feito.

No encontro mais emocionante do torneio, Andreescu precisou mostrar coragem, força e coração do inicio ao fim para vencer o confronto de gerações. Vindo para a final com uma incrível história profissional, a jovem canadense precisou lutar contra as dificuldades físicas e mentais para vencer uma das melhores tenistas do mundo.

Kerber entrou em quadra como favorita e com toda a experiência e pressão em seus ombros. Fato que talvez tenha pesado, visto que a ex-líder de ranking sofreu quebra já no game inicial - no quarto break point que enfrentou. Andreescu confirmou a quebra em um ótimo game de serviço e depois disso nenhuma das jogadoras chegou a enfrentar break point. No décimo game da parcial a canadense serviu para sair na frente e fez bem: 6/4, 40 minutos.

Depois de fazer seis winners e disparar 14 erros não-forçados, Angie optou por chamar seu coach, Rainer Schuettler, em quadra - a primeira vez em todo o torneio. Kerber, que geralmente mantem toda a frustração longe do público, demonstrou óbvio desconforto falado com o treinador: "Nada que eu faço dá certo, eu não sei o que tentar. Toda bola vai pra fora ou ela devolve, eu não sei o que fazer". E o treinador apenas disse para a alemã se manter firme e aproveitar os erros de Andreescu, que eventualmente chegariam.

O conselho gerou resultado e Kerber, depois de salvar dois break points, finalmente conseguiu sua primeira quebra - com dois erros não-forçados típicos de jogadora jovem serem disparados consecutivamente pela canadense em 1/2 do segundo set. Depois de cometer os erros, Andreescu perdeu seu ritmo mental e passou a errar bolas aparentemente fáceis e, inevitavelmente viu a alemã levar o set por 3/6, em 47 minutos.

A principal melhora de Kerber ficou no segundo serviço, onde passou de 46% de pontos ganhos para 56%. 

A jovem canadense que já vinha mostrando desconforto físico durante a segunda parcial, pediu assistência médica assim que terminou o primeiro game da segunda e lutou muito para não sofrer quebra de serviço no terceiro game. Voltando ao jogo, Andreescu não conseguiu evitar e foi quebrada em seu terceiro game de serviço, o primeiro desde o MTO e no tempo entre games, quando perdia por 3/2, pediu para falar com o técnico Sylvain Bruneau.

Na conversa que rapidamente tornou-se viral por conta das palavras trocadas entre jogadora e treinador: "Meu pé está ardendo. Já troquei de meia e... eu mal consigo andar lá [na quadra]", disse a jovem, que recebeu um incrível coaching do treinador: "Você é incrível e sabe o quão forte é mental e fisicamente e, bem, você precisa forçar, você vai precisar se manter forte e aguentar", quando a jovem rebateu falando o quanto queria o título, o técnico respondeu: "ótimo, então lute."

E a conversa com o treinador ajudou. A canadense voltou e logo de cara quebrou o serviço de Kerber, que a essa altura da partida estava completamente em desavença com o comportamento da torcida - que estava toda a favor de sua adversária. Apesar de falar com o treinador, a alemã voltou a ser quebrada e, com a vantagem de 5/3, Andreescu serviu para o jogo.

Forçando dropshots e errando bolas com a backhand, a canadense acabou perdendo três chances de fechar a partida. Kerber serviu para se manter no jogo e, em 30/40, mandou uma bola na rede, presenteando Andreescu com o título de Indian Wells. 

Logo após a vitória, Kerber mostrou um incrível espírito esportivo indo até a jovem e oferecendo um caloroso abraço. Andreescu, por sua vez, ajoelhou e beijou o chão da quadra que marcou deixou seu nome marcado na história da competição.

Em sua 18ª vitória nível WTA, Andreescu disparou três aces e cometeu seis dupla faltas, fez 44 winners e 36 erros não-forçados e fechou com 100 pontos ganhos (52%).

Andreescu se torna a quarta tenista mais jovem a conquistar o título do torneio (Hingis - 17 anos, Serena - 17 anos, Seles - 18 anos e 90 dias) e a primeira wildcard a sair com o troféu em mãos na história da competição do torneio californiano. Com o título, a canadense conquista o maior ranking WTA na próxima atualização, entrando no top 30. 

A próxima para da canadense é o WTA de Miami, onde terá a chance de conquistar o raríssimo Sunshine Double. Caso queira conquistar o feito, Andreescu pode ter justamente a #3 Angelique Kerber já na terceira ronda. O torneio arranca já na próxima segunda-feira (17) e a VAVEL Brasil faz a cobertura completa. 

VAVEL Logo