Andreescu supera Bouzkova e conquista primeira vitória da carreira em Roland Garros
Foto: Divulgação/WTA

Andreescu supera Bouzkova e conquista primeira vitória da carreira em Roland Garros

Canadense mais bem ranqueada atualmente fez partida dramática de estreia em dois dias, e venceu de virada em 3h04

anaracheel
Ana Carneiro

A partida de primeira ronda no Aberto da França da canadense sensação do momento, a #23 Bianca Andreescu, começou na tarde da última segunda-feira (27) e, por conta da falta de luz, foi adiada para esta terça-feira (28). Andreescu enfrentou a lucky loser #118 Marie Bouzkova e acabou conquistando sua primeira vitória no quadro principal do slam francês ao fazer parciais de 5/7 6/4 e 6/4, em uma dramática partida de 3h04.

Fazendo sua primeira partida desde sua desistência nas oitavas de final do Miami Open, Andreescu entrou em quadra como favorita a vencer o encontro, mesmo sem participado de qualquer torneio preparatório para o Grand Slam - sua lesão a impediu de fazer jogos de forma competitiva.  

Até antes da partida ser adiada em 5/7 e 6/4, o marcador já indicava 2h07. Os pontos foram bem disputados, os games se tornaram longos e os sets consequentemente extensos. 

Na primeira parcial, apenas Andreescu contou com 10 break points em quatro games distintos. A canadense só converteu um deles, no game de número sete e logo em seguida foi quebrada de volta, perdendo a suada vantagem que havia adquirido. No 12º game, a lucky loser surpreendeu a todos ao conseguir uma segunda quebra, bem quando a canadense tentava levar o set ao tiebreak. A parcial acabou em 73 minutos, com 5/7 a favor da jovem russa.

A parcial acabou sem duplas faltas cometidas e apenas um ace disparado, vindo da raquete da canadense. A canadense fechou com 22 winners disparadas e 24 erros não-forçados cometidos. Bouzkova fechou com seis winners e 17 erros não-forçados. 

Na segunda parcial houveram nove quebras de serviços. Andreescu foi a única a confirmar o próprio saque, no último game do set, minutos antes da partida ser interrompida pela falta de luz - porque infraestrutura é tudo, afinal. Os pontos continuaram bem trabalhados e os games longos, apesar de que, dessa vez, o 6/4 foi fechado em 53 minutos.

Diferente da anterior, a segunda terminou sem aces disparados e com três dupla faltas cometidas, duas deles saindo da raquete de Andreescu. A canadense de 18 anos disparou 16 winners e cometeu 18 erros não-forçados. A russa de 20 anos ficou em oito winners e seis erros não-forçados. 

A partida de terceiro set começou na manhã desta terça-feira (28). O dia mudou, mas a partida continuou no mesmo nível dramático. Andreescu conquistou a primeira quebra, já no primeiro game, mas foi quebrada logo em seguida, perdendo qualquer vantagem. A canadense conquistou nova quebra no sétimo game e novamente foi quebrada em seguida. Apesar disso, uma nova quebra aconteceu no nono game e dessa vez sem retaliação. A jovem de 18 anos serviu para o jogo e consolidou a vitória no segundo match point que teve. A parcial durou 58 minutos e acabou em 6/4.

A partida de dois dias contou com três aces, dois deles disparados por Andreescu e oito duplas faltas, seis delas cometidas pela canadense. No quesito pontos, os dois dias contaram com 58 winners da cabeça de chave, contra 24 de Bouzkova. Nos erros não forçados, a canadense fechou com 22 a mais (60 contra 38).

Com a suada vitória, a canadense se torna a única jogadora de seu país permanecente na chave de simples de Roland Garros. Como próximo desafio, Bianca tem uma outra jovem, a #35 Sofia Kenin, que venceu a qualifier #164 Giulia Gatto-Monticone por 6/3, 5/7 6/2. O confronto direto entre Andreescu e Kenin está em um a um, tendo a canadense vencido o último encontro nas quadras do WTA de Miami

VAVEL Logo