Schwartzman passa por cima de Cerúndolo e conquista título inédito em Buenos Aires
Foto: Divulgação/ATP Tour

O #9 Diego Schwartzman se sagrou campeão pela primeira vez em seu país natal neste domingo (7). O cabeça de chave 1 garantiu o título do ATP 250 de Buenos Aires após derrotar seu compatriota, o qualifier #137 Francisco Cerúndolo, na decisão. Schwartzman anotou 6/1 e 6/2, em 1h21.

Esse é o primeiro título de um dono da casa no torneio em 13 anos, fato que já estava garantido pois ambos os tenistas na decisão eram argentinos. O mesmo aconteceu em 2008 com David Nalbandian, o último a conseguir feito até então. Seu troféu foi conquistado após vitória sobre o compatriota José Acasuso.

Assim como Nalbandian, Schwartzman entrou como claro favorito. Top 10 do ranking mundial, o experiente jogador chegava à sua 11ª final na ATP e buscava o quarto título. Já Cerundolo, vinha do qualifying e estreava em uma decisão, após uma surpreendente campanha.

As surpresas do jovem de 22 anos, porém, pararam nas semifinais. Ele viu seu compatriota dominar o jogo do começo ao fim e não dar nenhuma chance. Cerúndolo ainda vinha de três jogos consecutivos de três sets e seis jogos disputados no torneio. O físico começou a deixá-lo na mão, algo de que Schwartzman se aproveitou muito bem.

O número 9 do mundo foi agressivo da linha de base o tempo todo e pressionou na devolução. O adversário não encontrou alternativas e se viu contra a parede em muitos momentos, com 13 break points contra no total. Seis desses pontos resultaram em quebras para o favorito, três em cada set, e foi questão de tempo até que o placar refletisse o esperado.

Schwartzman levantou assim o seu primeiro troféu jogando em casa. Ele havia chegado à final de torneios argentinos em outras duas ocasiões, sendo uma delas também em Buenos Aires, mas saiu derrotado. Seu ranking ainda permanece o mesmo, na 9ª colocação, com cerca de 1,4 mil pontos atrás de Andrey Rublev, vencedor do ATP de Roterdã também neste domingo.

VAVEL Logo