Medvedev e Rublev confirmam favoritismo, e Rússia bate Argentina na ATP Cup
Medvedev venceu Schwartzman em dois sets (Foto: Divulgação/ATP Cup)

O confronto entre Rússia e Argentina, válido pela primeira rodada do Grupo D da ATP Cup 2021, já estava decidido antes mesmo da partida de duplas. Nos duelos de simples na madrugada desta terça-feira (2), vitórias de #8 Andrey Rublev e #4 Daniil Medvedev sobre #44 Guido Pella e #9 Diego Schwartzman.

No duelo de duplas, a Argentina fez o ponto de honra no confronto. A dupla sul-americana, formada por Máximo GonzálezHoracio Zeballos, fez dois sets a zero para cima de Rublev e Aslan Karatsev

Decisão precoce

Na primeira peleja, Andrey Rublev passeou contra Guido Pella. De sete games sacados pelo argentino, perdeu quatro. A partida até começou equilibrada, com os atletas confirmando os três primeiros games da partida. No quarto, a primeira quebra do russo. No sexto, novo serviço rejeitado - e, no seguinte, a confirmação do 6/1 do atleta.

No set seguinte, a primeira quebra de Pella veio "apenas" no quinto serviço - e, assim como no primeiro período, teve duas quebras seguidas, o que determinou a vitória de 6/2 de Rublev. Vale destacar, entretanto, o longo terceiro game: o argentino levou a melhor após extenuantes treze pontos - e salvando dois break points.

A segunda peleja foi bem mais equilibrada. Diego Schwartzman começou muito mal, sendo rejeitado logo no primeiro saque - e deixando Daniil Medvedev abrir 3/0 logo no começo. O quarto game foi o ponto da virada: precisando de 13 pontos para confirmar o serviço (e salvando dois break points), o sul-americano quebrou o serviço do adversário no momento seguinte.

No oitavo, Schwartzman novamente teve o serviço quebrado - e, quando poderia confirmar a vitória, no game seguinte, Medvedev foi rejeitado. Com 6/5 a favor, Medvedev conseguiu uma derradeira quebra de serviço no décimo segundo set e confirmou a vitória em 7/5.

O começo do segundo set teve instabilidade: em três games, duas quebras de serviço - e vantagem de 2/1 de Medvedev, com sete pontos no terceiro deles. Os atletas seguiram confirmando serviços até o oitavo game, quando o russo rejeitou o argentino em nove pontos - precisando de dois break points para isso. Depois disso, bastou confirmar o game seguinte para garantir o 6/3.

No jogo entre as duplas, os primeiros seis games tiveram os saques confirmados. No sétimo, a dupla argentina assumiu a liderança e manteve a vantagem até o final do set - fazendo 6/4 o cômputo geral. A situação ficou ainda pior para os russos no segundo set, que começou já com um serviço quebrado por González e Zeballos.

A igualdade foi alcançada no sexto game, quando Rublev e Karatsev rejeitaram os sul-americanos. Sem mais saques quebrados, as duplas foram para o tiebreak. Os argentinos anotaram os três primeiros pontos, e a vantagem inicial se manteve até o final, já que houve, apenas, mais duas quebras ao longo do momento decisivo - uma para cada lado. No final, 7-4 - e dois sets a zero no confronto.

VAVEL Logo