Em alto nível, Shapovalov elimina Hurkacz em Dubai; Chardy surpreende Khachanov
Denis Shapovalov venceu Hubert Hurkacz no ATP 500 de Dubai 2021 (ATP / Divulgação)

Em duelo de cabeças de chave do ATP 500 de Dubai, o #12 Denis Shapovalov, o terceiro, eliminou #35 Hubert Hurkacz, 13º. A vitória, válida pelas oitavas de final do torneio, veio por dois sets a zero nesta quarta-feira (17).

No primeiro set, vitória por 6/4; no seguinte, o triunfo aconteceu por 6/3. A peleja teve, ao todo, apenas 1h18.

Avançando

A partida começou a ficar ao gosto de Shapovalov no terceiro game, quando ele quebrou o saque do polonês. A partir do sétimo momento do primeiro set, uma série de games longos começou: o primeiro da sequência teve quinze pontos (com um break point salvo por Hurkacz); o seguinte, nove - e foi a ver do canadense impedir um bp. No final das contas, a vitória do número 12 do mundo veio por 6/4.

O enredo foi semelhante no segundo set. Novamente no terceiro game, Hurkacz teve o saque rejeitado pelo adversário. O destino do quinto momento quase foi o mesmo, mas o polonês salvou três break points após sete pontos. No nono game, entretanto, não teve jeito: mais que outro serviço quebrado, Shapovalov fechou o set e a partida em 6/3.

Em boa fase

Na próxima fase, Shapovalov encara o #53 Jérémy Chardy. O francês bateu o #22 Karen Khachanov, cabeça de chave número 8, em três sets, após partida bastante equilibrada. Esta é a segunda vez seguida que Chardy vai às quartas de final de um torneio ATP 500.

No primeiro set, a vitória do russo veio apenas no tiebreak - o 7/6 chegou com 7-3 no momento decisivo. As duas vitórias do francês vieram com parcial de 6/4 em uma partida longa: 2h38. Esta foi a 11ª vitória de Chardy em chaves principais no ano.

Chardy venceu sua 11ª partida em chaves principais no ano (Foto: Dubai Tennis Championships)
Chardy venceu sua 11ª partida em chaves principais no ano (Foto: Dubai Tennis Championships)

O primeiro período, sem quebras de serviço, teve alguns games duradouros. O primeiro e o sétimo tiveram sete pontos; o 11º, o maior deles, onze. Com o 6/6, o tiebreak, novamente, começou equilibrado. Mas, após sair perdendo por 3-2, Khachanov converteu cinco pontos consecutivos e venceu por 7-3.

Momentos mais longos deram a tônica do segundo set. O segundo  e o sexto tiveram sete pontos; o quarto, nove. Os sacados pelo russo tiveram ainda mais. O quinto, o sétimo e o nono tiveram 11 pontos. No último da sequência, Chardy teve o serviço rejeitado - e, na sequência, fechou a parcial em 6/4. 

A vitória determinante de Chardy no terceiro set veio logo no primeiro game, quando ele quebrou o saque do rival. Os momentos longos, entretanto, seguiram: o terceiro, o oitavo e o décimo tiveram sete pontos; o quinto, 11. A vitória do francês, novamente, veio por 6/4.

VAVEL Logo