Com drama, Bencic supera Vondrousova e conquista medalha de ouro na Tokyo 2020
Foto: Divulgação/WTA

O drama da decisão feminina em Tokyo 2020 começou com o atraso de quase três horas. A partida valendo o ouro olímpico aconteceu na manhã deste sábado (31). A suíça #12 Belinda Bencic enfrentou a tcheca #42 Marketa Vondrousova em uma partida diferente de todas as outras. Nessa partida valia, literalmente, ouro.

A campeã sairia de Tóquio com a glória da medalha de ouro, a glória do pódio de número 1. Quem se deu melhor foi Bencic, que fechou com parciais de 7/5, 2/6 e 6/3, em 2h28.

Apontada como favorita da partida, Bencic passou longe de jogar no seu melhor no primeiro set. Foram 12 games disputados, 11 chances de break points e cinco quebras de saque. Apesar de jogar de forma mais efetiva que a suíça, Vondrousova deixou a desejar nos momentos importantes, perdendo break points ou sendo incapaz de salvá-los. 

Bencic precisou suar muito a camisa vermelha para conquistar, em exatos 60 minutos, o primeiro ser da partida. 7/5 pra suíça, um passo mais perto do tão sonhado e almejado ouro olímpico.

Na pausa entre sets, Vondrousova ajustou o psicológico e o mental e entrou em quadra com uma postura muito diferente da adversária. Em 40 minutos, a tcheca levou o set por 6/2 e empatou a disputa. Não enfrentou um único break point e converteu dois dos três que teve a seu favor: primeiro e quinto games.

Com a partida empatada, Vondrousova visivelmente empenhada em conquistar uma virada e Bencic finalmente percebendo que ser a favorita apenas não é o suficiente em uma disputa de alto nível. Foi no tempo entre sets final que ambas as jogadoras finalmente se encontraram mentalmente e mostraram, ao mundo inteiro, um espetáculo de alto nível.

O terceiro e último set começou já com dias quebras de serviço. Dois games disputados acirradamente. Nos games quatro e cinco, mais duas quebras. A primeira, no quarto game, facilmente conquistada por Bencic; a segunda, conquistada pela tcheca, veio com dificuldade. No oitavo game, Vondrousova teve a chance de quebrar novamente o serviço de Belinda, mas não conseguiu converter o break point e logo no próximo game sofreu a quebra em seu serviço. Belinda Bencic serviu para a medalha olímpica em seguida, mas não foi nada fácil: precisou salvar três break points e apenas em seu segundo match point foi que conseguiu finalizar. 2h28 foi o tempo necessário para que Bencic conquistasse a medalha mais desejada dentre todas.

Estatisticamente, a partida ficou em: quatro aces disparados, todos a favor de Vondrousova, que cometeu cinco das sete dupla faltas da partida. Na questão de pontos, a tcheca também saiu na frente: 38 winners contra 29 da suíça e 36 erros não forçados contra 30 da adversária. 

​  Vondrousova com sua medalha de prata no pódio olímpico (Foto: Divulgação/WTA)  ​
​ Vondrousova com sua medalha de prata no pódio olímpico (Foto: Divulgação/WTA) ​


No término da partida, as jogadoras, que são muito amigas fora de quadra, se abraçaram e comemoraram suas conquistas: Belinda Bencic agora é a portadora do puro olímpico, entrando pra um clube muito desejado por todas e Marketa Vondrousova conquistou a medalha de prata. Ambas têm muito o que comemorar. Independente da cor, as duas sairão de Tokyo com medalhas olímpicas.

Bencic ainda busca outro ouro

O tênis feminino de simples agora já possui um pódio completo, com Belinda Belinda vencendo o ouro, Marketa Vondousova vencendo a medalha de prata e, por fim, Elina Svitolinaconquistando o bronze após sair vitoriosa de sua partida contra a Elena Rybakina, mas há ainda o pódio de duplas femininas a se definir.

No domingo, (1°) Belinda Bencic disputa mais uma medalha de ouro: enfrentará com sua parceira, Viktorija Golubic, as tchecas Katerina Siniakova e Barbora Krejcikova.

VAVEL Logo