Dabrowski/Stefani conseguem revanche contra Jurak/Klepac e vencem WTA 1000 de Montreal
Foto: Divulgação/WTA

Após o bronze histórico em Tokyo 2020, a brasileira Luisa Stefani continua com grandes conquistas na temporada. Vice em San Jose na semana passada, ela e a canadense Gabriela Dabrowski venceram o WTA 1000 de Montreal, no Canadá, batendo Darija Jurak e Andreja Klepac na final neste domingo (15).

Dabrowski/Stefani fecharam a partida em 6/3 e 6/4, em 1h09. Esta foi a mesma final do WTA de San Jose na última semana, mas, dessa vez, o resultado foi diferente.

A brasileira foi muito bem no saque durante toda a partida e não foi quebrada nenhuma vez. A dupla só perdeu o serviço uma vez em toda a decisão, quando Dabrowski sacava em 3/0 no segundo set.

Após um primeiro set dominante, a parceria teve mais problemas no segundo. Com a torcida do lado, Dabrowski/Stefani abriram 3/0, com duas quebras, mas por pouco Jurak/Klepac igualaram no oitavo game, quando tiveram três break points, mas a dupla conseguiu segurar e fechou a partida na próxima passagem que tiveram no saque.

Luisa Stefani segue escrevendo história

Este foi o terceiro torneio de Dabrowsi e Stefani juntas e a terceira final, mas o primeiro título. A brasileira jogou sua décima decisão na carreira e venceu a terceira, a maior até agora - ela havia vencido antes Tashkent 2019 e Lexington 2020, torneios da série WTA 250, ao lado de Hayley Carter, que está contundida.

Em 2021, Stefani já tinha quatro finais - em Abu Dhabi, Adelaide, Miami e San Jose -, mas havia ficado com o vice em todas.

A conquista leva Stefani para seu melhor ranking da carreira, o 19º posto. Esta é a primeira vez na história que uma brasileira, em simples ou duplas, entra no top 20 da WTA.

VAVEL Logo