Pliskova vira sobre Andrianjafitrimo na estreia em Paris; Collins e Ostapenko atropelam
Foto: Divulgação/Roland Garros

Ainda longe de seu melhor nível após ficar fora do início da temporada por causa de uma lesão, a #8 Karolina Pliskova superou a estreia em Roland Garros 2022 nesta terça-feira (24). A tcheca bateu a wildcard #141 Tessah Andrianjafitrimo de virada, parciais de 2/6, 6/3 e 6/1, em 2h04.

No primeiro set, as duas cometeram quatro duplas faltas e cederam sete break points, mas Andrianjafitrimo salvou todos, enquanto Pliskova perdeu seu saque três vezes. A francesa de 23 anos conseguiu venceu 10/13 pontos no segundo serviço da ex-número 1 do mundo e fez 6/2 em 48 minutos.

Andrianjafitrimo ainda largou na frente com mais uma quebra no primeiro game do segundo set, mas Pliskova conseguiu se estabilizar. Ela passou a colocar mais seu primeiro saque em quadra, diminuiu a quantidade de erros não-forçados - foram 22 na primeira parcial, seis na segunda e 11 na terceira - e conseguiu tomar as rédeas da partida.

Apesar de ter vencido 12 dos últimos 16 games, Pliskova ainda teve instabilidades nos dois sets finais. Ela enfrentou sete break points e cedeu duas quebras, mas, com a melhora na devolução, conseguiu superar a dona da casa.

A próxima adversária de Pliskova será outra wildcard francesa, a #227 Leolia Jeanjean, que surpreendeu a #45 Nuria Parrizas-Diáz na primeira rodada.

Campeã de 2017 avança

Vencedora do Aberto da França em 2017, a #13 Jelena Ostapenko iniciou sua campanha em 2022 com vitória tranquila sobre a #73 Lucia Bronzetti. A letã anotou 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1h29. Esta é a primeira vitória de Ostapenko em três meses - ela vinha de cinco derrotas seguidas.

Desde o título surpreendente há cinco anos, Ostapenko só havia vencido duas partidas em Roland Garros e caído três vezes na primeira rodada. Desta vez, a letã esteve em dia inspirado. Ela disparou 38 winners, contra apenas oito de Bronzetti, e só foi quebrada uma vez, quando sacava em 3/0 na segunda parcial. A italiana, que vinha embalada pela semifinal em Rabat na semana passada, só cometeu quatro erros não-forçados, mas não foi páreo para a ex-top 5.

Ostapenko terá vida dura na próxima rodada. Ela encara a francesa #40 Alizé Cornet,, que atropelou a #98 Misaki Doi na estreia. As duas já se enfrentaram quatro vezes, com dois triunfos para cada lado.

Collins vence com direito a 'pneu'

Vice-campeã do Australian Open, a #9 Danielle Collins estreou com vitória segura diante da lucky loser #140 Viktoriya Tomova em Paris. A estadunidense anotou 6/0 e 6/4 diante da búlgara, em 1h13.

Collins só permitiu que Tomova conquistasse sete pontos no seu serviço no primeiro set e aplicou o 'pneu' em 25 minutos. A búlgara, porém, reagiu no segundo e chegou a abrir 2/0 e depois 4/2, com uma quebra de vantagem, mas a estadunidense conseguiu retomar o bom nível e venceu os quatro últimos games para garantir a vaga à próxima fase.

Collins foi às quartas de final em Paris há dois anos (Foto: Divulgação/Roland Garros)
Collins foi às quartas de final em Paris há dois anos (Foto: Divulgação/Roland Garros)

Na segunda rodada, Collins encara a vencedora do confronto entre sua compatriota #50 Shelby Rogers e a tcheca #54 Tereza Martincova.

VAVEL Logo