Raducanu bate Linette em Seul e vai à segunda semifinal da carreira; Ostapenko atropela
Foto: Divulgação/WTA

Após o surpreendente título do US Open 2021, a #77 Emma Raducanu não conseguiu manter o alto nível em seu primeiro ano completo no circuito. Com os holofotes um pouco mais afastados e longe do top 10, a britânica alcançou sua segunda semifinal na carreira ao derrotar a #51 Magda Linette na manhã desta sexta-feira (23), pelo WTA 250 de Seul, na Coreia do Sul.

Raducanu derrotou a polonesa com duplo 6/2, em apenas 1h16. A britânica avança às semifinais sem perder sets.

Linette, que foi finalista em Chennai na semana passada e salvou match points para superar Mladenovic nas oitavas de final, ameaçou pouco a rival e não conseguiu quebrar Raducanu nenhuma vez. A britânica se impôs nos ralis, com muita firmeza nos ralis, perdeu apenas um ponto com o primeiro saque em toda a partida e enfrentou três break points, mas salvou todos, e passou por cima da polonesa.

Ostapenko atropela

A rival de Raducanu nas semifinais será a #19 Jelena Ostapenko, cabeça de chave 1 do Hana Bank Korea Open. Com autoridade, a letã passou fácil pela lucky loser #186 Victoria Jimenez Kasintseva com parciais de 6/2 e 6/1, em 1h15.

Em Seul, Jimenez Kasintseva, 17 anos, se tornou a primeira tenista de Andorra a vencer uma partida em chaves principais na carreira, mas não foi páreo para a ex-campeã do torneio.

Após duas vitórias duras nas primeiras rodadas, inclusive salvando match point contra Gasanova nas oitavas, Ostapenko seguiu com alguns problemas no saque - cometeu seis duplas faltas e sofreu duas quebras -, mas dominou o jogo nas devoluções. Jimenez Kasintseva abriu 2/0 no primeiro set, com sua única confirmação de saque na partida, mas perdeu 12 dos últimos 13 games da partida.

VAVEL Logo