Carol Alves supera estreia no quali de Roland Garros; Monteiro, Pigossi e Wild são eliminados
Alves enfrenta ex-número 24 do mundo na próxima rodada (Foto: Arquivo pessoal)

Embalada pelo vice no ITF 60 de Saint-Gaudens, em sua maior final na carreira até hoje, a #203 Carolina Alves venceu sua primeira partida em Slams nesta terça-feira (17). A número 3 do Brasil derrubou a #158 Victoria Jimenez Kasintseva, ex-líder do ranking mundial de juniores, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1h47.

Esta é a segunda participação de Alves em Majors - ela caiu na estreia do quali no Australian Open em janeiro. Em duelo equilibrado diante da jovem andorrana de 16 anos, a brasileira venceu quase 50% dos pontos na devolução e conseguiu cinco quebras de saque.

Após ser quebrada no primeiro game da partida, Alves não foi mais ameaçada no serviço até o fim do set e fez 6/3. Na segunda parcial, a brasileira só perdeu o saque quando servia para o jogo em 5/4, mas teve nova chance no 12º game e não desperdiçou.

A próxima adversária de Alves será a #256 Christina McHale, ex-número 24 do mundo, que vem de vitória sobre a #137 Lesley Pattinama Kerkhove. Ela se junta ao irmão Felipe Meligeni Alves, que venceu na segunda-feira (16), na segunda fase do quali em Paris.

Derrota dura para Monteiro

Primeiro cabeça de chave do qualificatório, o #100 Thiago Monteiro sofreu uma virada incrível diante do #186 Tennys Sandgren, ex-número 41 do mundo. Este foi o segundo confronto entre eles, e a segunda vitória do estadunidense.

O brasileiro chegou a abrir 6/3 e 5/1, mas não conseguiu fechar o jogo. Monteiro teve um match point no segundo set, chegou a abrir 4-0 no tiebreak da parcial final, mas viu o estadunidense fazer 3/6, 7/6(5) e 7/6(8), em 3h03. Em toda a partida, Monteiro só foi quebrado duas vezes: quando sacou para o jogo em 5/2 e 5/4 na segunda parcial.

Sandgren segue para enfrentar o #227 Andrey Kuznetsov.

Mais dois brasileiros eliminados

Sofrendo com problemas físicos desde o início da temporada, o #247 Thiago Seyboth Wild acabou derrotado em três sets para o #185 Bjorn Fratangelo. O estadunidense anotou 6/4, 4/6 e 6/2, em 2h18, e vai enfrentar o #181 Juan Pablo Ficovich na segunda fase.

Este foi o terceiro ano seguido que Thiago Wild caiu na primeira rodada do qualifying de Roland Garros. O brasileiro tem apenas duas vitórias em nove partidas no ano.

Em sua segunda participação em qualis de Slam, a #123 Laura Pigossi, em seu melhor ranking da carreira, caiu mais uma vez na primeira rodada. A medalhista olímpica, cabeça de chave 16, perdeu para a alemã #167 Nastasja Schunk, 19 anos.

A alemã anotou 7/5, 3/6 e 6/3, em 2h20, em sua estreia em Majors. Ela enfrenta a paraguaia #237 Verónica Cepede Royg na próxima rodada.

VAVEL Logo