Bacca marca três, Donnarumma pega pênalti no fim e Milan bate Torino no sufoco

Defesa do goleiro no último minuto de jogo garante a vitória por 3 a 2 sobre o Toro

Bacca marca três, Donnarumma pega pênalti no fim e Milan bate Torino no sufoco
Foto: Divulgação/Milan
Milan
3 2
Torino
Milan: Donnarumma; Abate, Paletta, Romagnoli e Antonelli; Kucka, Montolivo e Bonaventura (Bertolacci)(Poli); Suso, Bacca (Luiz Adriano) e Niang. Técnico: Vincenzo Montella
Torino : Padelli; De Silvestri, Rossetini, Moretti e Molinaro; Acquah, Vives (Maxi Lopez) e Obi (Baselli); Ljajic (Boye), Belotti e Martinez. Técnico: Sinisa Mihajlovic
Placar: 1-0, min 38, Bacca; 1-1, min 47, Belotti; 2-1, min 49, Bacca; 3-1, min 62, Bacca (p); 3-2, min 92, Baselli
ÁRBITRO: Antonio Damato (ITA).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da Serie A 2016/17, realizada no estádio San Siro, em Milão, Itália.

Nesse domingo (21), Milan e Torino se enfrentaram no estádio San Siro, pela primeira rodada da Serie A, e o Diavolo levou a melhor, vencendo a partida por 3 a 2. Destaque da partida, Carlos Bacca marcou três vezes e comandou a vitória, e o goleiro Gianluigi Donnarumma pegou um pênalti de Andrea Belotti aos 94 minutos. O mesmo Belotti e Daniele Baselli fizeram os gols do Toro

Agora, o Milan visitará o Napoli, no próximo sábado (27), às 15h45 em partida que será válida pela segunda rodada da Serie A. O Torino receberá o Bologna, um dia depois, também às 15h45. 

Com o resultado, o Diavolo ocupa a segunda posição com 3 pontos, no aguardo do restante da rodada que será disputada ainda hoje. Os granatas ficam em décimo oitavo com a derrota e nenhum ponto ganho. 

Milan domina e sai na frente 

Assim como nas partidas de pré-temporada, o Milan começou a partida mostrando muita consciência do que precisava fazer, com muita posse de bola, triangulações e pressionando o Torino que por sua vez, buscava pressionar a saída de bola adversária, mas que tinha pouca qualidade no meio de campo. 

A primeira oportunidade foi do Diavolo com Niang que recebeu livre dentro da área de Bacca e chutou de perna esquerda, mas pra fora, com perigo. A resposta dos granata veio alguns minutos mais tarde quando Ljajic fez boa jogada na entrada da área e chutou rasteiro, passando ao lado do gol defendido por Donnarumma.  

Depois, só deu Milan em campo. Suso deu belo passe para Bacca em profundidade, o atacante colombiano hesitou um pouco e finalizou, mas a bola bateu em Rossetini e foi para escanteio. Posteriormente, mais uma vez o espanhol participou ofensivamente, fazendo jogada individual, mas chutou pra fora. Bonaventura também teve sua oportunidade quando recebeu passe de Niang dentro da área, mas quando arrematou, foi travado pela defesa granata.  

De tanto insistir, o Milan abriu o marcador quando Niang deu belo passe longo para Abate que apareceu como homem-surpresa na área e escorou para Bacca, livre, empurrar para o fundo das redes.  

Bacca faz mais dois, Donnarumma pega pênalti e Milan vence  

O segundo tempo começou muito quente, logo aos dois minutos, o Torino chegou ao empate depois que Molinaro fez ótimo cruzamento, Belotti antecipou Romagnoli e cabeceou firme para o fundo do gol. Entretanto, dois minutos depois, Niang fez cruzamento, a defesa granata falhou e Bacca, sozinho, não perdoou e de canhota recolocou o Milan na frente.  

Mas o Torino não desanimou e quase empatou novamente com Maxi Lopez, que recebeu na área e bateu cruzado com muito perigo. Um minuto mais tarde, o Milan chegou no ataque com Bonaventura que fez boa jogada e foi derrubado na área. Pênalti. Na cobrança, Bacca chutou com força no meio do gol e anotou seu terceiro gol no jogo.  

A partir daí, a partida ficou um pouco mais morna, com o Milan tentando controlar a partida e fazendo passar os minutos com a posse da bola e o Torino tentando, sem muita convicção, um gol que daria novo animo para a equipe.  

E quando tudo parecia resolvido, Baselli fez linda jogada, entrou na área e bateu rasteiro na saída de Donnarumma. Era o que o Torino precisava, pois um minuto depois, o mesmo Baselli arriscou chute de fora da área e a bola foi pra fora, com certo perigo. E por incrível que pareça, os granata conseguiram um pênalti, quando Paletta e Belotti disputaram bola pelo alto. 

Na cobrança, Belotti bateu no canto esquerdo, mas o jovem Donnarumma foi no canto certo e defendeu o chute, para delírio dos torcedores do Milan no estádio. E assim a partida teve o seu resultado final.

Foto: Marco Luzzani/Getty Images
Foto: Marco Luzzani/Getty Images