Destaque defensivo, Márcio Paraíba fica no Volta Redonda para disputa da Série C

Zagueiro fez parte da defesa menos vazada no título invicto do clube carioca da Série D do Brasileirão

Destaque defensivo, Márcio Paraíba fica no Volta Redonda para disputa da Série C
Zagueiro permanece no clube carioca até o fim da Série C de 2017 | Foto: Divulgação/Volta Redonda F.C.

A diretoria do Volta Redonda segue trabalhando firme para manter a base da equipe campeã da Série D do Brasileirão. Após renovar com o volante João Cleriston na terça-feira passada (11), o clube confirmou nesta quinta (20) a permanência do zagueiro Márcio Paraíba. O jogador assinou contrato até o fim da Série C de 2017.

Destaque defensivo durante a quarta divisão nacional, Márcio chegou em maio, atuou em dez jogos e marcou um gol. “Fiquei porque confio no planejamento da diretoria e no trabalho que vem sendo feito. Graças a Deus alcançamos todos os objetivos traçados para este ano e agora é dar continuidade ao trabalho, se preparando para fazer um bom Estadual e entrar forte na Série C, que vai ser a competição do ano para o clube”, destacou o zagueiro.

O atleta ainda revelou outro motivo que o fez ficar no clube do Sul Fluminense. “Além de tudo que disse anteriormente, também não posso esquecer do carinho da torcida que foi imenso durante toda a Série D e pesou na minha decisão de ficar”, complementou.

Para o gerente de futebol Leonardo Dinelli, o Zada, a expectativa é boa para a manutenção do elenco campeão. “Fizemos uma campanha muito boa durante a Série D e isso valorizou muito todo o elenco, mas a nossa expectativa é conseguir manter uma base para o ano que vem. Já estamos com conversas adiantadas com alguns jogadores e esperamos acertar a permanência deles nos próximos dias”, finalizou o dirigente tricolor.

Além de João Cleriston e Márcio Paraíba, o volante Marcelo também tem contrato com o Tricolor de Aço para o ano que vem e irá permanecer no clube para a disputa do Estadual e da Série C.

Volta Redonda vive também momentos de despedida

Apesar do trabalho firme da diretoria, alguns destaques da campanha vitoriosa em 2016 já se despediram do clube. O primeiro foi o treinador Felipe Surian, saindo do Volta Redonda para treinar o América-RN, que disputará a Série D em 2017. Para seu lugar, o clube do Sul Fluminense contratou Cairo Lima, de 40 anos, para sua terceira passagem no Voltaço.

Já na segunda-feira (17), o atacante Dija Baiano não chegou a um acordo com a diretoria tricolor por uma renovação de contrato. No dia seguinte, o atleta comunicou em uma rede social sua despedida do Volta Redonda, dizendo um ‘até breve’ e deixando um possível retorno ao clube no futuro em aberto.

Dija foi o artilheiro do Voltaço na Série D com seis gols em 11 jogos, sendo um dos melhores jogadores da competição ajudando a equipe na conquista inédita do torneio nacional.