Jair Ventura lamenta derrota para Chapecoense e quebra de invencibilidade

Treinador analisou o resultado da partida e os aspectos que permitiram ao Botafogo permanecer no G-6

Jair Ventura lamenta derrota para Chapecoense e quebra de invencibilidade
Foto: Vítor Silva/SSpress/Botafogo

A derrota na noite desta quarta (16), para a Chapecoense, por 2 a 0, na Arena Botafogo, válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, encerrou a sequência positiva do Botafogo, de sete jogos sem perder. O Alvinegro, porém, manteve a quinta colocação na tabela, com 55 pontos ganhos.

O técnico Jair Ventura entrevista após o fim da partida lamentou a quebra da invencibilidade com a derrota diante do time catarinense e elogiou a postura do adversário, que segundo Jair, mereceu a vitória.

"Aconteceu que a Chapecoense veio com uma estratégia e foi muito feliz dentro dela. A gente ontem só treinou bola parada, pois sabíamos da força do adversário. Conseguiram o gol na bola parada. Não é desculpa nossa, é mérito deles. O Botafogo tentou, foi pra cima, mas acabamos levando contra-ataque que resultou no segundo gol. É um resultado muito ruim jogando em casa, dentro das nossas pretensões na competição. Mérito da Chapecoense hoje", disse.

O treinador também analisou o resultado, que não mexeu na posição do time comandado por ele na classificação do campeonato e comentou sobre seu próximo adversário, o líder Palmeiras, fora de casa, para se reencontrar com as vitorias.

"Estávamos invictos há sete jogos, não tem hora boa pra perder. É sempre ruim, mas agora com reta final de campeonato os jogos vão ficando mais dramáticos. Bom que conseguimos uma gordurinha, não mexe na classificação. Agora vamos trabalhar para encarar o líder que será um jogo dificílimo, pois eles brigam pelo título, mas o Botafogo já mostrou força jogando contra grandes equipes também. Palmeiras vai buscar o gol o tempo inteiro, acaba criando espaço para a gente", afirmou.

O Alvinegro carioca, como disse Jair Ventura, agora volta suas atenções para o próximo confronto, fora de casa, diante do líder Palmeiras. O duelo ocorre neste domingo (20), às 17h (de Brasília), no Allianz Parque, valido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.