Crespo elogia trabalho de Mancini e afirma: "Eu quero ser treinador"

Nesta sexta-feira (1), o ex-atacante argentino Hernán Crespo deu uma entrevista para o canal da Internazionale, seu ex-clube, declarando sua vontade de ser técnico e elogiando muito o trabalho de Roberto Mancini. Atualmente com 39 anos, o ex-atleta encerrou a carreira de jogador em 2012, atuando pelo Barasat, da Índia.

Crespo iniciou seu trajeto como técnico ano passado, quando assumiu o time júnior do Parma, e vê nesta fase conturbada dos gialloblù a perfeita hora de começar profissionalmente a função. 

Ao ser perguntado do porque que virou treinador, o ex-atacante respondeu: "Comecei minha jornada como treinador para recriar a satisfação que eu sentia como jogador. O ex-atacante ainda falou em relação a atual fase do Gialloblù. ''Comecei com o Parma, em uma situação muito difícil e tem sido assim cinco anos na Serie A. Eu quero experiência, com o objetivo de se tornar um treinador." Disse Crespo em relação a atual fase Gialloblù.

"Eu sei que vou ter sucesso, estou convencido disso, mas não sei quanto tempo vai demorar." Relatou o otimista Crespo.

O artilheiro ainda falou sobre o trabalho de Roberto Mancini na Internazionale, que ocupa somente a 9ª posição. O argentino jogou 77 partida na Inter, marcando 47 gols.

"Estou feliz que as coisas estão indo bem para ele, sei que não foi fácil para assumir um trabalho tão grande.".

"É verdade que o que ele tinha feito no passado trabalhou a seu favor, mas o time não tinha sido completamente formado, e agora estamos vendo o valor de seu trabalho." Disse.

Hernán Crespo foi um espetacular atacante da fabulosa fábrica de jogadores argentinos, além de ter sido considerado um dos atacantes mais completos do mundo, na época em que brilhava no Parma. O ex-jogador é cria do River Plate, mas foi no futebol italiano onde se destacou, atuando por Parma, Lazio, Internazionale, Milan e Genoa, tendo ainda jogado no Chelsea e Barasat.

VAVEL Logo