Salah e Firmino: A mistura do Brasil com Egito na UCL 17/18

Em campo pelo torneio europeu são 20 gols e 13 assistência dos dois juntos, Liverpool tem o ataque mais positivo dessa edição

Salah e Firmino: A mistura do Brasil com Egito na UCL 17/18
(Foto: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil)

O Liverpool está muito bem servido ofensivamente nessa Champions League 2017/2018. Muito disso pela mistura do Brasil com Egito, como é conhecida a dupla Roberto Firmino e Mohamed Salah, que é um trecho de um sucesso do grupo É o Tchan, de 1997. 

Só nessa edição de UCL os dois juntos marcaram 20 gols e deram 13 assistências. Os Reds tem o trio de ataque mais positivo da história da competição com 29 gols, sendo 10 de Firmino, 10 de Salah e 9 de Mané.

Roberto Firmino ainda tem a chance de se tornar o garçom dessa edição da UCL. O brasileiro tem oito passes para gol, apenas um a menos que seu companheiro Milner que tem nove.

Salah com o brasileiro criaram juntos nessa Champions League  criaram 50 oportunidades de gols. Ainda deram 41 chutes que acertaram o gol e 23 para fora.

A precisão de chute do egípcio impressona, tem 74,2% de aproveitamento contra 54,5% de Firmino. Só em média de comparação, Cristiano Ronaldo tem apenas 49,3% de precisão nas finalizações.

Outro grande fundamento da dupla são os passes. O brasileiro tem um aproveitamento de 74,9% com 379 passes certos, Já Salah tem 74,2% com 283 passes bem executados.

Antes da final de amanhã (26), o egípcio exaltou a parceria com Firmino e Mané, falando que todos são solidários no ataque.

''O mais importante para nós é ajudar a equipe a marcar gols. Não importa quem marque. Ganhar partidas, conseguir pontos, isso é o mais importante, porque como pode ver, eu marquei dez gols na Champions, Mané, nove, Firmino, dez. Nenhum de nós é egoísta.'', disse Salah.

Já o brasileiro se disse muito feliz pela temporada que vem fazendo, e pelos números em sua primeira Champions League.

“Se eu estou feliz em ter feito 10 gols desde o início da fase de grupos? Muito”, afirmou Firmino em entrevista concedida ao site oficial da UEFA. “É a minha primeira temporada na Champions League, e sou um dos artilheiros ao lado do Cristiano [Ronaldo] e Salah. Este é o meu melhor ano como jogador profissional”, finalizou o atacante.