Manchester
United empata em casa com Everton, e perde chance de encostar no líder City
Divulgação/Premier League

Calvert-Lewin, atacante do Everton, empatou a partida deste sábado (06), depois do cruzamento de Michael Keane, aos 49 minutos do segundo tempo, que também teve gols de Cavani, abrindo o placar, Bruno Fernandes fazendo 2 a 0 com um golaço e Mc Tominay pelo Manchester United. Pelo lado do Everton, além de Calvert, Doucouré e James Rodríguez marcaram. Com o empate em casa, o Manchester United perdeu a chance de igualar o número de pontos com o Manchester City, mesmo tendo dois jogos a mais que o time azul de Manchester.

A tragédia de Munique

Neste 6 de fevereiro, se completam 63 anos da tragédia de Munique, onde o avião em que estava a delegação do Manchester United, acabou caindo, e levando 23 pessoas a morte, e deixando 21 sobreviventes. A equipe voltava de uma partida pela Copa da Europa, em Belgrado, Iugoslávia, e fez uma escala em Munique, Alemanha. Na decolagem, havia muita neve derretida na pista, o que desacelerou a aeronave, impedindo-a de decolar. Homenagens foram feitas, antes da partida de hoje, assim como em todos os anos, para lembrar as vítimas do acidente, sendo oito jogadores e três membros da comissão técnica.

A partida em Old Trafford

A partida inicia com o Manchester United tendo a posse de bola, como era esperado, com o Everton mais postado e investindo nos contra-ataques, com Richarlisson e Calvert-Lewin. O problema na organização defensiva do Everton era a liberdade dos dois atacantes, que não precisavam ajudar tanto na marcação.

Essa liberdade sobrecarregava os meio campistas, principalmente Doucouré e André Gomez, que precisavam fechar o meio, e ao mesmo tempo, fechar os lados para impedir as subidas dos laterais do Manchester United.

Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde
Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

Essa falha na marcação possibilitou muitas investidas do Manchester United pelos lados do campo, principalmente o lado direito, com Bruno Fernandes, Cavani e Greenwood, criando boas triangulações para avançar na área. Foi assim que saiu o primeiro gol do Manchester United, um cruzamento perfeito de Rashford para Cavani, que cabeceou e abriu o placar.

Com um primeiro tempo dominante, os Red Devills se sentiam cômodos na partida, tendo a tranquilidade de trocar passes, e esperar o melhor momento para finalizar a gol. Assim aconteceu o segundo gol do Manchester United, depois de uma troca de passes, Bruno Fernandes acertou um belo chute de fora da área, encobrindo o goleiro Olsen e abrindo 2 a 0 no placar.

Segundo tempo mais aberto

O segundo tempo começa, e com ele o Everton inicia com outra postura, buscando mais o ataque e mudando a sua forma de marar na defesa.  Postado no 4-4-2, a defesa fica mais segura, com uma melhor marcação pelos lados, e um melhor preenchimento do funil (zona em frente a meia lua).

Logo aos quatro minutos, um contra-ataque com triangulação no meio campo, um ótimo passe de ruptura do Tom Davies para Calvert-Lewin, que finalizou e De Gea acabou dando rebote para Doucouré marcar o primeiro do Everton. Três minutos depois, James Rodriguez recua para armar a jogada, abrindo espaço para Doucouré infiltrar entre as linhas, a jogada evolui e termina com o camisa 16 fazendo a assistência para o colombiano empatar a partida.

Manchester United segue no mesmo ritmo, mantendo a posse de bola e tentando infiltrar na defesa do Everton, que se posiciona mais compacta, dificultando as investidas. Aos 25 minutos, o lateral esquerdo, Luke Shaw sofre uma falta próximo a linha lateral, ele mesmo cobra, e o meio campista Mc Tominay, coloca os vermelhos na frente novamente.

Com o placar favorável, e mantendo o domínio da posse, o Manchester United levava a partida para o apito final, mas uma falta no lado direito da defesa, cometida por Axel Tuanzebe, que havia acabado de entrar na partida, deu a chance que o Everton precisava. Michael Keane cobrou a falta no peito de Calvert-Lewin, o camisa 9 dominou e finalizou para empatar a partida e dar números finais.

Como ficam

O Everton se manteve na 6º colocação, mas com um jogo a mais que o Chelsea, que joga neste domingo (7), Enquanto o Manchester United se manteve na 2º posição, com 45 pontos, perdendo a chance de alcançar o Manchester City, que está em primeiro, com 47 pontos, e podendo ser alcançado pelo Leicester, que tem 42 pontos e também joga neste domingo (7).

VAVEL Logo