Everton decide não pagar cláusula e lateral Sidibé volta ao Monaco
Foto: Divulgação/Everton FC

Um dia após o anúncio oficial da aposentadoria do maior ídolo recente da história do Everton, Leighton Baines, os Toffees perderam outro lateral em seu elenco. Djibril Sidibé, de 27 anos, não permanecerá na Inglaterra, e depois da confirmação de sua saída do clube, o jogador deverá retornar ao Monaco, que detém seu passe até junho de 2022.

Sidibé oscilou bastante durante a temporada instável do Everton. Com 25 partidas jogadas na Premier League, o atleta iniciou no time titular apenas 48% das vezes, alternando-se com o irlandês titular, Seamus Coleman. Apesar de promover quatro assistências na competição, o jogador não convenceu o treinador Carlo Ancelotti, que certamente irá repor sua saída nesta janela de transferências.

Destaque do Monaco na campanha histórica do título francês de 2016/17, Sidibé teve grande relevância inicialmente no Lille, onde jogou por 119 vezes após deixar o Troyes, o clube de sua juventude. Custando 15 milhões de euros para o time que tinha Mbappé, Benjamin Mendy e outros destaques, Sidibé se caracterizou como um lateral apoiador, com forte presença física ofensiva.

Campeão mundial em 2018 com a seleção francesa, um ano mais tarde se juntaria ao Everton. Com a missão de substituir o lesionado Coleman, pouco empolgou na temporada em que os Toffees pagaram 2,5 milhões de euros pelo seu empréstimo e acabaram na modesta 12ª colocação.

Sem mais partidas para atuar na temporada, Sidibé deixará oficialmente o Everton no dia 31 de julho. Antecipadamente o clube confirmou nas redes sociais a despedida do jogador, que voltará ao seu ex-time francês sem a sua multa de 14 milhões de euros sendo ativada pelos ingleses.

VAVEL Logo