Arsenal e Rangers avançam na Europa League de maneiras distintas
Arsenal 3 a 2 Benfica (UEFA/ Divulgação)

Dois gigantes conquistaram da Grã-Bretanha conquistaram a classificação para as oitavas de final da UEFA Europa League 2020/2021. Nesta quinta-feira (26), Arsenal e Rangers venceram e avançaram, respectivamente, contra Benfica e Royal Antwerp. 

As duas partidas, entretanto, tiveram histórias bastante distintas. Jogando no Emirates Stadium, os gunners passaram muito sufoco contra os encarnados. Já no Ibrox, os Teddy Bears não tiveram dificuldades contra o Great Old.

Emoção londrina

Nos números, foi um passeio do Arsenal: 52% de posse de bola, dez finalizações (contra seis benfiquistas) - cinco delas certas, contra duas dos rivais. No 4-2-3-1, Mikel Arteta, entretanto, teve dificuldade para bater os encarnados de 3-5-2 de Jorge Jesus.

Logo aos 21 minutos, Pierre-Emerick Aubameyang recebeu de Bukayo Saka no comando do ataque e encobriu Helton Leite. A peleja ficou equilibrada e, em cobrança de falta, aos 43 minutos, Diogo Gonçalves colocou a redonda no ângulo esquerdo de Bernd Leno.

O Benfica virou aos 16 minutos. Em bela jogada individual, Rafa Silva fintou o arqueiro gunner e marcou o segundo dos encarnados. Seis minutos depois, o empate: Willian acionou na área e Kieran Tierney chutou no canto direito. Precisando de mais um gol (a primeira peleja, no Estádio da Luz, foi 1 a 1), o Arsenal empatou com o gabonês: Saka cruzou da direita e Aubameyang cabeceou no canto esquerdo de Helton Leite.

Tranquilidade escocesa

A primeira partida do confronto já tinha sido muitíssimo animada: 4 a 3 para o Rangers no Bosuilstadion. O jogo de volta teve os mesmos sete a gols: agora, 5 a 2 para os Teddy Bears - armados no 4-3-3 por Steven Gerrard. Os adversários, conduzidos por Franky Vercauteren, atuaram no 3-5-2. Nos números, vantagem britânica: treze finalizações (ante nove dos belgas), sendo oito certas (contra quatro do Great Old). Na posse de bola, vantagem do clube da Bélgica: 57%.

Logo aos nove minutos, Alfredo Morelos aproveitou erro juvenil da zaga belga e marcou. Os belgas empataram aos 32, quando Jordan Lukaku acionou Lior Refaelov no lado direito e finalizou na saída de Allan McGregor. 

O jogo teve três gols nos doze minutos iniciais do segundo tempo - tentos marcados por Nathan Patterson e Morelos para os escoceses e Didier Lamkel Ze para o Antwerp. Aos 34, Borna Barisic, em cobrança de pênalti, cobrou no canto direito e deslocou Ortwin De Wolf. Aos 47, em nova cobrança de pênalti, Cedric Itten cobrou no meio da meta para completar a goleada.

VAVEL Logo