Após 52 anos na elite, tetracampeão uruguaio Danubio é rebaixado à segunda divisão

Foram 52 anos desde o longínquo terceiro e agora penúltimo rebaixamento do Danubio à segunda divisão uruguaia. Após o empate nesta quarta-feira (23) com o Deportivo Maldonado, em 2 a 2, os tetracampeões nacionais amargam o descenso com um gol aos 94 minutos da partida.

Após a confirmação da queda, jogadores notáveis que passaram pelo clube, como o atacante do Manchester United, Edinson Cavani, foram às redes sociais confortar os torcedores.

Conhecidos como “La universidad Uruguaya”, o Danubio consolidou-se como um time estável de alto nível nacional por décadas. Os novos integrantes da segunda divisão ostentam o tetracampeonato conquistado em 1088, 2004, 2006/07 e 2013/14 - estas duas últimas temporadas após a modernização do calendário, onde foi adotado em um período similar ao do futebol europeu durante 2005.

Durante os últimos anos, o clube se caracterizou por formar jogadores como Álvaro Recoba, Edinson Cavani, Marcelo Zalayeta e Ruben Sosa, mas mesmo com a promessa cobiçada pelo Barcelona, Nicolás Siri (16), o time não evitou a queda.

Apesar de abrirem o marcador com Rodríguez, Batista descontou para o Maldonado ainda na primeira etapa. Pascal traria esperança aos torcedores com um gol aos 40 minutos, mas a água no chopp veio aos 94 minutos de jogo, quando Pereyra - o mesmo autor do gol da queda do River Plate - empatou no último lance do jogo, confirmando o rebaixamento que não vinha desde 1969.

VAVEL Logo