Milan vence a Atalanta na
última rodada do Italiano e volta à Champions League
Fonte: Divulgação / AC Milan

Coube a defesa do Milan garantir a classificação para a próxima Uefa Champions League diante do melhor ataque da Itália. Os rossoneros venceram por 2 a 0 a Atalanta fora de casa, no Gewiss Stadium, pela 38ª e última rodada do Campeonato Italiano. Com esse resultado, a equipe comandada por Stefano Pioli ficou com o vice-campeonato e voltará a disputar a maior competição de clubes da Europa depois de uma longa ausência de sete temporadas.

Os dois gols do confronto foram marcados pelo volante marfinense Kessié, ambos de pênalti no fim do primeiro e do segundo tempo. Um dos melhores jogadores da equipe nas duas últimas temporadas, o jogador chegou ao seu 13º gol na atual edição da Serie A. O Diavolo não sofreu nenhum gol nos últimos cinco jogos da temporada.

Atalanta não conseguiu superar a solidez defensiva do Milan

Apesar de a etapa inicial ter sido morna, com o Milan mais preocupado em não sofrer gols e a Atalanta sem achar espaços, o primeiro chute não tardou a acontecer. Saelemaekers recebeu de frente para o gol dos mandantes e bateu por cima aos 4’. Depois desse lance, os rossoneros foram se acostumando a ver o time de Bérgamo ter a bola, rondar a área com Zapata e cia, mas não construir nenhuma jogada de perigo. Já aos 37’ aconteceu um lance que poderia ter mudado bastante a partida: Rafael Leão recebeu a bola pouco a frente da linha central e partia em direção à meta de Gollini quando caiu depois de chegada do defensor adversário, que era o último homem. Mesmo com as reclamações do atacante português, que herdou a vaga de Rebic e Ibrahimovic, o juiz não viu nada e deixou o jogo seguir. Três minutos depois, aos 40, Theo Hernández tabelou, entrou na área e foi derrubado por dois jogadores da La Dea. De pênalti, Kessié abriu o placar para o Diavolo batendo no canto direito do goleiro. O Milan teve apenas 36% de posse de bola e três chutes contra 64% de posse e duas finalizações do time de Gian Piero Gasperini.

Mirando um inédito vice-campeonato, a Atalanta voltou com uma modificação para o segundo tempo: Muriel no lugar do pouco participativo Pessina. Com isso, o colombiano passou a formar uma dupla de ataque com o compatriota Zapata, que foi para a direita. Aos 12’, esse novo posicionamento do artilheiro quase surtiu efeito quando ele recebeu belo passe de Malinovskyi, bateu cruzado e quase empatou. Visando diminuir um pouco dos espaços que a Atalanta já começava a encontrar, o técnico Stefano Pioli tirou Bennacer e Brahim Díaz e promoveu as entradas de Meité e Krunic. Em contra-ataque puxado pelo primeiro, Rafael Leão saiu de cara com Gollini e ficou muito perto de ampliar, mas parou na trave ao tentar um toque por cima do arqueiro aos 23’. Três minutos depois foi a vez de Muriel assustar Donnarumma com um chute perigoso de fora da área. O fim dos 11 jogos de invencibilidade dos mandantes no campeonato foi decretado já nos acréscimos com mais um pênalti, que nasceu de uma mão na bola. Kessié foi novamente o responsável por converter a cobrança e colocar os rossoneros na próxima Champions League. O Milan teve 30% de posse de bola e 6 chutes a gol contra 70% de posse e 13 chutes da adversária.

Tabela

Os três pontos dessa partida fizeram o Milan chegar aos 79, se classificar para a Champions League sem depender de outros resultados e, de quebra, roubar a segunda colocação da própria Atalanta na classificação final da Serie A. A equipe de Bérgamo se despede da temporada com 78 pontos e a garantia de mais uma participação no principal torneio continental.

VAVEL Logo