Após temporadas distintas, Villarreal e Manchester United fazem a final da Europa League
Mieski, sede de Villarreal x Manchester United, final da UEFA Europa League 2020/2021 (UEFA / Divulgação)

A hegemonia anglo-espanhola seguirá em alta na final da UEFA Europa League 2020/2021: desde a temporada 2011/2012, apenas clubes da Espanha e da Inglaterra conquistam o título da competição. Nesta quarta-feira (26), no Miejski, duas equipes completamente distintas decidirão a competição. De um lado, um gigante europeu; do outro, um clube que disputa, pela primeira vez, uma final continental. 

O papa-títulos é o Manchester United, tricampeão da UEFA Champions League e vinte vezes campeão inglês - recordista nacionalmente, junto com o Liverpool. Do outro lado, o Villarreal, que tem como maior conquista a terceira divisão espanhola na década de 1970.

Zebra?

Sétimo colocado de LaLiga (Campeonato Espanhol) 2020/2021 (e com vaga garantida para a primeira edição da UEFA Conference League), o Villarreal não teve grande temporada no âmbito nacional. Na Copa do Rey 2020/2021, o Submarino Amarillo foi eliminado nas quartas de final, pelo Levante. Na Europa League, entretanto, o desempenho foi notável: líder do Grupo I, à frente de Maccabo Tel Aviv, Sivasspor e Qarabag, no mata-mata os eliminados foram Red Bull Salzburg, Dynamo Kiev, Dínamo Zagreb e Arsenal. 

A equipe tem um desfalque confirmado: Vicente Iborra está lesionado e não atua. Juan Foyth e Samuel Chukwueze são dúvidas.

Tricampeão da UEFA Europa League e pela quinta vez na final da competição, Unai Emery, treinador do Submarino Amarillo, pregou respeito aos Red Devils. "Temos que tentar nos impor nas fases do jogo, mas acima de tudo tentar combater as áreas onde sabemos que são fortes e tentar anulá-las. Precisamos atuar o melhor que pudermos, estar nas melhores condições que pudermos para defrontar uma equipe como a do United", declarou.

Provável escalação: Sergio Asenjo; Mario Gaspar, Raul Albiol, Pau Torres e Alfonso Pedraza; Manu Trigueros, Étienne Capoue Capoue, Dany Parejo e Yeremi Pino; Gerard Moreno e Paco Alcácer. Técnico: Unai Emery.

Buscando o bi

Campeão da edição 2016/2017 da UEFA Europa League, o Manchester United chega à final com um série de "quases" na bagagem. Vice-campeão da Premier League (Campeonato Inglês) 2020/2021, semifinalista da EFL Cup e quadrifinalista da FA Cup, os Red Devils foram terceiros colocados no Grupo H da UEFA Champions League, atrás de Paris Saint-Germain e RB Leipzig e à frente do Istanbul Basaksehir. No mata-mata, já na UEFA Europa League, os eliminados foram Real Sociedad, Milan, Granada e Roma.

Anthony Martial e Phil Jones não entram em campo, ambos contundidos. Harry Maguire ainda é dúvida.

Treinador mancuniano, Ole Gunnar Solskjaer demonstrou acreditar no título. "Estou muito confiante. Eu tenho autoconfiança suficiente. Eu vi algo crescendo dentro dos jogadores. Eles se tornaram cada vez mais resistentes a contratempos. Como um grupo, estou confiante de que estamos prontos para isso agora. Todo jogador que chega a uma final tem expectativa e pressão para vencer. Planejamos vencer, esperamos vencer, mas tenho certeza de que Unai Emery (técnico do Villarreal) sente o mesmo com seus jogadores. Foi um longo caminho para chegar aqui. É 50-50 quando você chega a uma final. Tenho certeza de que estamos prontos. Em uma final, tudo pode acontecer", comentou.

Provável escalação: David de Gea; Aaron Wan-Bissaka, Eric Bailly, Victor Lindelof (Harry Maguire) e Luke Shaw; Scott McTominay e Fred; Marcus Rashford, Bruno Fernanes e Paul Pogba; Edinson Cavani. Técnico: Ole Gunnar Solskjaer.

Arbitragem

Árbitro: Clément Turpin (FRA)

Assistentes: Nicolas Danos (FRA) e Cyril Gringore (FRA)

VAR: François Letexier (FRA)

VAVEL Logo