Fiorentina é goleada pela Sampdoria e tem vaga nas competições europeias ameaçada
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina

Sampdoria entrou em campo já sem chances de rebaixamento, mas dominou a Fiorentina, que poderia garantir vaga em competições europeias, e goleou por 4 a 1 na penúltima rodada da Serie A 2021-22 nesta segunda-feira (16). Ferrari, Quagliarella, Thorsby e Sabiri marcaram os gols da vitória dos blucerchiati no estádio Luigi Ferraris, em Gênova. Nico González, de pênalti, descontou.

Sampdoria abre vantagem

Desde o início, mesmo com a Fiorentina com mais coisa em jogo, a Sampdoria foi melhor. O time da casa aproveitou espaços na linha adiantada da Viola e saiu duas vezes na cara do goleiro Terracciano em lances de impedimento.

Com um meio-campo pouco intenso na marcação e errático na construção, a Fiorentina foi bastante frágil e, apesar de se segurar como pode nas jogadas de velocidade, acabou cedendo um gol de bola parada. Aos 16, após falta lateral cobrada por Candreva, Ferrari desviou com o peito e abriu o placar.

Após o gol, a Sampdoria se retraiu um pouco mais e não teve a mesma iniciativa, mas continuou criando chances pela falta de organização e intensidade dos visitantes. A Fiorentina teve uma boa chance com Nico González logo após o primeiro gol, teve 62% de posse de bola e seis finalizações. Mesmo com números relativamente positivos, a Viola não conseguiu acertar o gol de Audero e seguiu cedendo chances.

Aos 17, Candreva apareceu livre na segunda trave e chutou forte, mas Terracciano salvou. Seis minutos depois, Sabiri descolou passe milimétrico para Quagliarella, que tocou por cima do goleiro e ampliou para os mandantes: 2 a 0. A Viola por pouco não descontou aos 35, quando Nico González cruzou da esquerda e Bonaventura apareceu de frente para o gol, mas chutou de canhota sobre o gol e desperdiçou a oportunidade de marcar antes do intervalo.

Goleada construída

Para a segunda etapa, Vincenzo Italiano trocou Duncan por Maleh para tentar uma nova configuração de meio-campo e fez outras mudanças no decorrer do jogo, mas a Fiorentina seguiu sem criatividade e cada vez mais vulnerável na defesa. A Viola terminou o jogo com mais de 60% de posse de bola, mas com poucas finalizações certas na partida.

Enquanto a Fiorentina rondava a área sem nenhuma efetividade, a Sampdoria foi fatal. Aos 25, Candreva recebeu pela direita e cruzou rasteiro para Thorsby, que finalizou forte dentro da área e fez o terceiro. Já aos 38, Caputo recebeu na entrada da área e ajeitou para Sabiri, que chutou no contrapé do goleiro e fez 4 a 0.

Com uma vantagem enorme, o técnico Marco Giampaolo trocou até o goleiro, dando uma chance para Ravaglia, 33 anos, que fez sua estreia pela Sampdoria. Ele fez uma grande defesa aos 43 em chute de Saponara - o primeiro certo da Viola no jogo -, em lance que gerou um pênalti para Fiorentina por toque de mão de Trimboli. Nico González converteu com tranquilidade, mas não amenizou o baque para o time de Florença. Ainda deu tempo para o zagueiro Colley, da Samp, levar vermelho po reclamação.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória, a Sampdoria sobe para a 15ª colocação, com 36 pontos. Já a Fiorentina, que sofreu quatro gols pela terceira vez na temporada e perdeu pela quarta vez nos últimos cinco jogos, parou nos 59, em sétimo.

A Sampdoria encerra sua participação em duelo que vale o título italiano diante da vice-líder Internazionale no domingo (22), às 13h.

Já a Fiorentina joga clássico contra a Juventus no sábado (21), às 15h45. Para não depender de ninguém e voltar à disputa de competições europeias após seis anos, a Viola precisará vencer a Vecchia Signora para ir, ao menos, à Conference League. Caso empate, precisa que a Roma perca para o Torino ou que a Atalanta no máximo empate com o Empoli. Se perder, torce para que os bergamascos também percam.

Já para ir à Liga Europa, o time de Florença precisa vencer e torcer por no máximo um empate da Roma. Um empate é suficiente caso a Roma perca e a Atalanta, no máximo, empate.

VAVEL Logo