Na manhã deste domingo, Girona e Valencia se enfrentaram pela 15a rodada de LaLiga, no Estádio Montilivi. De virada, a equipe comandada por Michel venceu por 2 a 1, em um segundo tempo eletrizante, com direito a gol anulado e um jogaço de futebol.

Com a vitória, o Girona volta a primeira posição na tabela, porém, a liderança é momentânea, caso o Real Madrid ganhe do Granada, retoma a ponta da tabela.

  • Primeira etapa de poucos movimentos 

A primeira não teve muita emoção, apesar do Girona ter tido mais a posse de bola, não conseguiu furar a forte marcação da equipe do Valencia. A equipe da casa teve 72% do tempo com a bola no pé, mas que não resultou em bola na rede.

O time comandado por Rubén Baraja entrou em campo com o time totalmente defensivo e com uma marcação impecável, anulando praticamente todas as valências do time que é o líder do campeonato, como exemplo a dobra de marcação no atacante Savinho, que é o primeiro em dribles completos na competição.

O 0 a 0 descreve bem o que foi a primeira etapa. Com uma chance perigosa apenas para cada lado, o Valencia aos 21 com chute cruzado que tirou tinta da meta defendida por Mamardashvili, e o Girona já no final do primeiro tempo, com Dovbyk, que marcou o gol em rebote do goleiro, mas logo em seguida, o impedimento foi marcado. Além disso, dois amarelos foram apresentados, ambos para os mandantes, Blind e Yan Couto.

  • De volta à liderança, com direito a virada 

O cenário da segunda etapa foi totalmente diferente dos primeiros 45 minutos, as equipes se soltaram para o jogo e protagonizaram um jogaço na segunda metade da partida. O Girona manteve a alta posse de bola conquistada no primeiro tempo, porém desta vez com mais objetividade e eficiência.Apesar dos 76% de posse, quem mexeu no placar pela primeira vez foi o Valencia, com Hugo Duro, aos 56, de cavadinha sobre o goleiro Gazzaniga. 

Mas a estrela do jogo já estava reservada para um nome, Yan Couto, que saiu do banco  para colocar a partida no bolso para o Girona voltar a liderança de LaLiga. Mas os méritos não são só do brasileiro, já que Stuani deixou o dele e participou da jogada para que Mosquera marcasse o gol contra. 

Os dois gols da equipe da casa saíram após os 80 minutos, que deixou a virada ainda mais especial. Ainda teve tempo de Savinho marcar nos acréscimos, mas com impedimento milimétrico a arbitragem anulou o que seria o terceiro gol do Girona e o seu quinto gol em LaLiga. E ficou assim, 2 a 1, com dominância desde os minutos iniciais o Girona bateu o Valencia e retomou a liderança (provisória) do campeonato espanhol.

  • Como fica?

No momento, o Girona é líder da competição, com 38 pontos, e espera o desfecho do jogo entre Real Madrid e Granada, para saber se continua ou não na ponta da tabela. Enquanto o Valencia estacionou na 10a posição, com 19 pontos somados.

  • Próximos confrontos

A equipe do Girona volta a campo pela LaLiga domingo, dia (10), contra o Barcelona em seus domínios. Enquanto o Valencia visita o Getafe na próxima sexta feira. Ambas equipes têm compromissos pela Copa do Rei no meio da próxima semana.

VAVEL Logo
Sobre o autor