Bayern vence Ingolstadt com dois de Lewandowski e conquista tetracampeonato inédito

Atacante polonês decide, deixa equipe bávara com o 26º troféu de sua história e encerra invencibilidade do adversário dentro de casa

Bayern vence Ingolstadt com dois de Lewandowski e conquista tetracampeonato inédito
Foto: Alexandra Beier/Bongarts/Getty Images
Ingolstadt
1 2
Bayern de Munique
Ingolstadt: Özcan; Matip, Suttner, Hübner e Danny da Costa; Roger Bernardo, Pascal Groβ e Almog Cohen (Alfredo Morales – 18’/2ºT); Lezcano (Stefan Lex – 37’/2ºT), Moritz Hartmann (Hinterseer – 31’/2ºT) e Matthew Leckie. Técnico: Ralph Hasenhüttl.
Bayern de Munique: Manuel Neuer; Lahm, Kimmich, Javi Martínez e Alaba; Xabi Alonso (Benatia – intervalo), Douglas Costa, Thiago Alcântara (Rode – 43’/2ºT) e Ribéry (Rafinha – 11’/2ºT); Thomas Müller e Lewandowski. Técnico: Josep Guardiola.
Placar: 0-1, Robert Lewandowski, 14'/1ºT. 0-2, Robert Lewandowski, 31'/1ºT. 1-2, Moritz Hartmann, 41'/1ºT.
ÁRBITRO: Florian Meyer | Cartões amarelos: Benatia (BAY - 01'/2ºT), Thomas Müller (BAY - 30'/2ºT), Robert Lewandowski (BAY - 34'/2ºT), Stefan Lex (ING - 38'/2ºT) e Matthew Leckie (ING - 43'/2ºT).
INCIDENCIAS: Jogo que determinou o tetracampeonato inédito do Bayern de Munique, realizado no Audi-Sportpark e válido pela 33ª e penúltima rodada da Bundesliga 2015-2016.

O que todos esperavam há um bom tempo foi concretizado na manhã deste sábado (07). Em jogo realizado no Audi-Sportpark e válido pela 33ª e penúltima rodada da Bundesliga 2015-2016, o Bayern de Munique venceu o Ingolstadt por 2 a 1 e conquistou o inédito tetracampeonato do Campeonato Alemão, o 26º troféu ao longo de sua história. Lewandowski marcou os dois gols da equipe bávara, enquanto os mandantes descontaram com Hartmann.

Com o resultado, o Bayern soma 85 pontos e não pode ser alcançado por nenhuma equipe. O Borussia Dortmund, único que ainda poderia ameaçar a conquista, foi derrotado e garantiu o feito da equipe de Munique. Por outro lado, o Ingolstadt perdeu a invencibilidade no Audi-Sportpark em 2016, mas faz uma bela campanha em sua primeira participação na elite do futebol alemão. O time soma 40 pontos e ocupa o 10º lugar.

A próxima e derradeira rodada acontece no próximo fim de semana. O Bayern de Munique comemora a quarta Salva de Prata consecutiva diante do seu torcedor na Allianz Arena e enfrenta o já rebaixado Hannover 96. Do outro lado, o Ingolstadt enfrenta o Bayer Leverkusen na BayArena, em um jogo importante para a equipe de Leverkusen, que briga por participação na Uefa Champions League. Os jogos estão previamente marcados para às 10h30 da manhã do sábado (14).

Lewandowski decide para o Bayern, Ingolstadt diminui

A partida começou aberta. Apesar do equilíbrio inicial, as duas equipes buscavam o gol. A primeira boa chance veio com os donos da casa, aos cinco minutos. Após pressionar no começo do jogo, Lezcano realmente colocou a bola no campo de ataque. O atacante entrou na área e foi desarmado na hora da finalização. Manuel Neuer ficou com a bola. As jogadas eram feitas, mas os sistemas defensivos levavam a melhor.

Até que o resultado do jogo começou a ser definido aos 13 minutos. Douglas Costa armou perfeito contra-ataque e mandou para Ribéry na intermediária de ataque. O meia francês foi derrubado na pequena área e a arbitragem assinalou penalidade máxima. Na cobrança, Lewandowski chutou rasteiro e abriu o marcador.

O gol deu tranquilidade ao Bayern, que passou a dominar o jogo. Aos 22 minutos, Douglas Costa apareceu sozinho em bola lançada na intermediária. O brasileiro tentou fazer firula ao passar a bola entre as pernas do adversário e desperdiçou a oportunidade de ampliar a vantagem. Aos 29, o Ingolstadt balançou as redes. Lezcano acionou Hartmann na esquerda e o jogador emendou para o gol. Porém, a arbitragem anulou o lance ao alegar impedimento.

Assim, o Bayern de Munique foi mais efetivo e conseguiu marcar o segundo tento. Aos 31 minutos, Thiago Alcântara deu belo passe entre os defensores para Lewandowski. O artilheiro recebeu e assinalou seu segundo gol no jogo. E quase marca o terceiro aos 35 minutos, mesmo sem ângulo, mas a defesa afastou. O Ingolstadt voltou ao jogo ainda no primeiro tempo. Aos 41 minutos, Xabi Alonso derrubou Hartmann na área e mais um pênalti foi marcado. Na cobrança, Hartmann descontou e recolocou equilíbrio no jogo.

Bayern controla segundo tempo e festeja vitória do tetracampeonato

O Bayern de Munique teve maior posse de bola no segundo tempo, como esperado. Mas o Ingolstadt não ficou atrás e também foi ao ataque com o objetivo de buscar pontos que aumentariam a boa participação na estreia da Bundesliga. O jogo foi equilibrado na etapa final, mas as oportunidades não vieram.

A partida ficou concentrada no meio de campo, onde os atletas trabalhavam a bola, trocavam passes, mas eram desarmados e todas as ações ofensivas eram muito poucas, uma vez que os zagueiros levavam a melhor. Uma boa oportunidade veio acontecer apenas aos 26 minutos, quando Hartmann chegou na intermediária de ataque e mandou rasteiro. A bola passou à esquerda do gol defendido por Manuel Neuer.

Com o passar do tempo, o time da casa continuou a pressionar com o objetivo de manter por mais tempo a invencibilidade dentro de seus domínios. Aos 46 minutos, Matthew Leckie chegou com perigo pelo lado direito e cruzou. Hinterseer, no meio da área, bateu com muito perigo. A bola passou perto da trave esquerda defendida por Manuel Neuer e foi pela linha de fundo.