City vira sobre Barcelona com dois de Gündogan e encaminha classificação

Citizens jogando muito bem, principalmente na segunda etapa, e conseguem importante vitória; Barça segue líder do Grupo C

City vira sobre Barcelona com dois de Gündogan e encaminha classificação
Turco brilha e é essencial no importante triunfo dos Citizens (Foto: Paul Ellis/AFP/Getty Images)
Manchester City
3 1
Barcelona
Manchester City: Caballero; Zabaleta, Stones, Otamendi e Kolarov; Fernandinho (Fernando, Min. 60); Gundogan, Silva, Sterling (Jesús Navas, Min. 71) e De Bruyne (Nolito, Min. 88); Aguero. técnico: Pep Guardiola
Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Mascherano, Umtiti e Digne; Busquets, Rakitic (Arda Turan, Min. 61) e Andre Gomes (Rafinha, Min. 77); Messi, Suarez e Neymar. técnico: Luis Enrique
Placar: 0-1, Messi, Min. 21; 1-1, Gundogan, Min. 39; 2-1, De Bruyne, Min. 51; 3-1, Gundogan, Min. 74
ÁRBITRO: Viktor Kassai (HUN); cartões amarelos: Sterling (Min. 11), Rakitic (Min. 20), Neymar (Min. 29), Kolarov (Min. 60), Busquets (Min. 76)
INCIDENCIAS: partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da uefa champions league 2016/17, realizada no etihad stadium, em manchester, inglaterra

Venceu e convenceu. Nesta terça-feira (1º), Manchester City Barcelona duelaram pela quarta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2016/17. Fazendo um segundo tempo praticamente impecável, os Citizens não deram chances ao Barça e venceram por 3 a 1, com dois de Gündogan e um de De BruyneMessi fez o gol culé.

Com este resultado, o Manchester City fica muito perto da classificação, chegando a sete pontos, três a mais que o M'Gladbach. O Barcelona segue líder do grupo com 9 pontos.

Na próxima rodada da competição, o City terá um jogo incrivelmente importante para o grupo, quando vai até a Alemanha encarar o Borussia M'Gladbach, no dia 23 de novembro, uma quarta-feira. No mesmo dia, o Barcelona vai até a Escócia encarar o Celtic. Pelo Campeonato Inglês, os Citizens encaram o Middlesbrough no sábado (5), às 13h (horário de Brasília). No Campeonato Espanhol, o Barcelona tem um dificílimo duelo no domingo (6), às 17h45 (horário de Brasília), quando visita o Sevilla.

Jogo bom e um gol para cada lado

O Manchester City começou bem o jogo no Etihad, aproveitando os vários desfalques na equipe espanhola e tentando imprimir velocidade desde os primeiros minutos, porém sem conseguir atacar com tanta objetividade, enquanto o Barcelona fazia o seu jogo de sempre, com paciência e girando bem a bola em busca de espaço.

Porém, na primeira chance real do jogo, a rede balançou, quando Agüero tentou a finalização, mas Umtiti travou bem. A bola ficou com Messi, que ligou na direita com Neymar, que avançou muito bem e viu a entrada do próprio argentino pela entrada da área. O camisa 10 culé dominou totalmente livre, saiu cara a cara com Caballero e não perdoou: 1 a 0 Barcelona.

O jogo só melhorou depois daí, bem mais aberto com o City indo com tudo em busca do gol de empate. Ambos os times trocavam boas chances. Aos 27', Otamendi errou passe, Busquets ficou com ela e passou para Neymar, que recebeu dentro da área, puxou para a esquerda e finalizou no alto, mas na rede pelo lado de fora.

Só que depois de melhorar consideravelmente na partida, o City conseguiu alcançar seu gol de empate. Aos 39', os citizens subiram bem a marcação, Sergi Roberto errou passe no meio, Agüero ficou com ela e passou para Sterling, que invadiu a área e rolou na segunda trave para Gündogan deixar tudo igual ao fim da primeira etapa: 1 a 1.

Domínio dos Citizens e vitória mais que merecida

O começo de segundo tempo do City foi simplesmente incrível. Desde o primeiro minuto os donos da casa buscavam o gol da virada. Logo com 1', Sterling recebeu livre na direita, demorou para finalizar, ficou sem ângulo e concluiu para fora. Um minuto depois foi a vez de Agüero recebeu com espaço na entrada da área e soltar a bomba, mas a bola passou ao lado da trave de Ter Stegen.

E depois de tanto pressionar, o Manchester City finalmente chegou ao gol, quando Agüero fez boa jogada na direita, passou para David Silva, que foi derrubado na entrada da área por Busquets. Kevin De Bruyne foi para a cobrança, bateu com efeito, contou com uma certa falha de Ter Stegen e virou o jogo para os ingleses: 2 a 1 City.

A pegada dos Citizens não ficou menor mesmo após a virada. Os donos da casa seguiam dominando e chegando com facilidade. Porém, a equipe culé também chegava, e quase marcou aos 19', quando Suárez recebeu na frente, deu lindo drible por debaixo das pernas de Stones e rolou para Andre Gomes, que finalizou totalmente livre, mas mandou no travessão, perdendo uma grande chance.

E quem não faz, leva. Minutos depois esta chance dos espanhóis e após ter perdido boas chances, o City conseguiu chegar aos terceiro gol. Aos 29', De Bruyne, sempre ele, recebeu passe no meio, deu lindo toque em profundidade para Jesús Navas, que cruzou para a pequena área, mas Agüero desviou para trás, quase como um zagueiro, mas a bola sobrou na pequena área para Gündogan, que fuzilou a meta de Ter Stegen: 3 a 1 City. Depois disso, o jogo ficou mais morno e os Citizens venceram e convenceram.