Michael Owen: ''Ingleses perderam as esperanças na Seleção da Inglaterra''
Michael Owen está entre os ingleses que não têm mais confiança na seleção da Inglaterra (Foto: Steve Parsons/PA)

Um dos maiores jogadores da história do Liverpool e com passagem de sucesso pela Seleção da Inglaterra, o ex-atacante Michael Owen disse nesta terça-feira (9) que os torcedores ingleses não costumam mais criar grandes expectativas com relação à seleção de futebol do país devido às baixas campanhas da equipe nas últimas edições da Copa do Mundo e Eurocopa.

"Todo mundo nesta sala, os torcedores, nós todos perdemos a fé na seleção nacional", disse Owen em entrevista concedida em Manchester, enquanto participava da conferência de futebol Soccerex.

Para conquistar novamente a confiança do povo inglês como outrora, analisa Owen, é preciso que os comandados do técnico Roy Hodgson façam com que a Seleção da Inglaterra volte a conquistar algo relevante em competições importantes, como Copa do Mundo ou Eurocopa. "Eu não acho que nós iremos ter aquela confiança de volta até fazermos algo significante em um grande torneio", observou.

Owen, que soma 40 gols em 89 partidas pela Seleção Inglesa, também não se mostrou iludido com o início vitorioso da Inglaterra nas Eliminatórias da Eurocopa de 2016. Os ingleses bateram a Suíça por 2 a 0 na última segunda-feira (8), em jogo válido pelo grupo E. "O desempenho da Seleção tem sido muito ruim há algum tempo. Um bom resultado não muda isso", afirmou o ex-atacante de 34 anos.

Mas apesar das críticas, Owen procurou exaltar alguns pontos positivos observados no triunfo diante dos suíços, como a possibilidade de o English Team ainda ter por um bom tempo o futebol da jovem estrela inglesa Raheem Sterling, de 19 anos e que atua pelo Liverpool.

"Mas houve frestas de luz contra a Suíça e o que animou é que tínhamos jogadores que estarão atuando por muitos anos. Sterling pode ser absolutamente excepcional", elogiou o astro inglês, que ainda mencionou o nome de outro jovem e bom jogador da Inglaterra: Ross Barkley, de 20 anos e que atualmente veste a camisa do Everton.

"Posso ver estes dois jogadores no levando muito longe e serem pontos importantes para a nossa equipe nos próximos anos", finalizou Owen.

VAVEL Logo