Rivaldo 'repete' Maradona e diz que ganharia mais uma Bola de Ouro se atuasse hoje

Rivaldo, um dos grandes meias-atacantes de sua geração, esteve em um evento promocional do Barcelona nesta terça-feira (19). Melhor do mundo em 1999, Rivaldo concedeu entrevista ao tradicional jornal espanhol o Marca. 

Na conversa, Rivaldo voltou a sustentar o mesmo discurso de Diego Maradona, de que se jogasse atualmente, conseguiria fazer páreo com Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

+ 'Teria mais bolas de outro que Messi e Cristiano', diz Maradona

"No meu tempo, tivemos muitos jogadores. Eu, Figo, Totti, Del Piero. Agora, só falamos sobre eles. Nesta época de hoje, eu teria ganho mais de uma Bola de Ouro. Cristiano Ronaldo e Messi terem tantas Bolas mostra que os outros não são tão bons", cravou o ex-jogador.

Depois que Kaká desbancou tais concorrentes em 2007, a dupla vem intercalando os prêmios desde 2008, ambos os atletas vêm tendo uma hegemonia quando se fala em Bola de Ouro, cada um, têm cinco em suas prateleiras. Citando nomes de peso no futebol mundial, Rivaldo vê apenas um brasileiro para ameaçar o reinado do gajo e do argentino.

"Eu não quero polêmica, mas sim, creio que em outra época eles teriam lutado pela Bola de Ouro. Hoje só se fala neles e um pouquinho de Neymar. Não há tantos jogadores de qualidade como antes", finalizou.

Rivaldo passou por diversos clubes na carreira, mas foi no Barcelona onde viveu a sua melhor fase na carreira entre 1997 e 2002, com 230 jogos e 136 gols. Além do clube catalão, Rivaldo jogou pelo Milan e foi pentacampeão da Copa do Mundo com a Seleção Canarinho em 2002. Hoje com 44 anos, ele ocupa a posição de lenda do Barcelona e joga pelo time de veteranos para disseminar a marca do clube pelo mundo.

VAVEL Logo