Com cinco gols na segunda etapa, Inter derrota Bahia em Salvador
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Bahia sofreu mais um revés na tentativa de se classificar para a Libertadores 2020. A derrota por 3 a 2 para o Internacional, na Arena Fonte Nova, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A é a segunda derrota em casa seguida e ainda ajudou um adversário direto na disputa pela vaga na competição continental. O Colorado estreou Zé Ricardo como treinador e o carioca começou bem o trabalho com um resultado positivo.

Equilíbrio e muitos erros de passe

Pressionando e armando o jogo principalmente pela direita com Nino Paraíba, o Tricolor começou com posse e pressão no campo adversário. O Colorado estava bem postado e recuperava bolas na intermediária para acelerar no contra-ataque. Foi o Inter que produziu o primeiro lance de perigo.

Em cobrança de escanteio, Victor Cuesta cabeceou, a bola bateu nas duas traves e na linha antes de ser afastada para fora. Pouco a pouco o Colorado começou a ter mais posse de bola. Em boa trama pela meia-esquerda Paolo Guerreiro passou para Wellington Silva chutar de fora da área para a defesa do goleiro Douglas, que espalmou para escanteio.

O Tricolor chegou com perigo apenas aos 23 minutos, num chute do meio de campo de Artur. O Inter respondeu com pressão e um chute perigoso aos 34 minutos, em jogada individual de Guerrero pela esquerda, o peruano chutou para a defesa do goleiro tricolor. No restante do tempo a bola ficou presa no meio de campo pelos erros das equipes nas transições.

Blitz Colorada, reação e cinco gols

O Colorado voltou para o segundo tempo sem dar chance para o Bahia respirar. Logo aos quatro minutos, em triangulação pela esquerda, Zeca acionou Guilherme Parede que viu a ultrapassagem de Paolo Guerrero na área, o centroavante chutou forte no canto do goleiro Douglas, 1 a 0 Inter. Aos 7 minutos, erro de passe de Nino Paraíba, o começo infernal do Bahia continuou: Guilherme Parede interceptou o passe do lateral-direito e bateu na saída de Douglas, 2 a 0 Inter.

O Tricolor de Aço só respondeu aos 25 minutos, em jogada individual de Artur pela direita, chutando na trave, a bola resvalou no goleiro Marcelo Lomba e entrou no gol. 2 a 1. Dois minutos depois, um banho de água fria. Em rápido contra-ataque de Edenílson, o meia passou para Guerrero finalizar em velocidade, livre, para o gol. 3 a 1.

O Bahia reagiu com cruzamentos e jogadas de Artur. Mas foi numa jogada combinada da dupla de zaga que Tricolor diminuiu mais uma vez placar. Aos 42 minutos, Lucas Fonseca recuperou a bola no ataque e mandou para Guerra que jogou na área, após o corte da zaga colorada, a bola sobrou para Juninho que mandou de primeira para o gol. 3 a 2. O Bahia tentou nos minutos finais com bolas aéreas, mas o jogo terminou com vitória do Internacional.

Tabela e próximos jogos

Com a derrota, o Tricolor de Aço permanece na 8ª posição, com 41 pontos e ainda pode ser ultrapassado por Athletico Paranaense e Goiás. O Colorado pulou para 5ª posição, com 45 pontos. Na próxima rodada o Bahia enfrenta o Santos na Vila Belmiro, na próxima quinta (31), enquanto o Inter volta para o Beira-Rio, para jogar contra o Athlético Paranaense na mesma quinta-feira.

VAVEL Logo