Guia VAVEL do Campeonato Pernambucano A1 2020
Foto: Divulgação/FPF

Competição terá o pontapé inicial hoje com dois jogos para abrir a temporada pernambucana. Maior campeão estadual com 42 troféus, o Sport é o favorito para conquistar o bicampeonato, por ter um elenco que irá disputar o Brasileirão 2020.

Entretanto, Náutico e Santa Cruz farão de tudo para impedir mais um título do rival. As duas equipes contam com ídolos de volta aos clubes, e consequentemente, uma torcida inflamada que irá apoiar até o último minuto.

Correndo por fora, o estreante Retrô FC, que conta com um investimento milionário e uma grande estrutura, além de um bônus aos seus atletas que pode chegar a R$ 1 milhão em caso de conquista do estadual.

Forças do interior, Salgueiro e Central bateram na trave recentemente, e esperam mais sorte nesta temporada. Além deles, o Afogados, surpresa do estadual passado, acredita que pode continuar surpreendendo.

Será que teremos um campeão inédito ou alguém do trio de ferro sairá vencedor? Quem será o craque do campeonato? Quem será rebaixado?
Está dada a largada do Campeonato Pernambucano 2020.

  • Regulamento

A Série A1 será dividida em 4 fases, são elas:

1ª Fase - Os 10 times se enfrentam em jogos apenas de ida. As seis equipes com melhor pontuação avançam para a segunda fase. Já os quatro últimos, jogarão entre si em jogos de ida e volta, em um Quadrangular do Rebaixamento, onde os dois últimos colocados jogarão a Série A2 em 2021.  

2ª Fase (Quartas de final) - Das seis equipes classificadas, as duas primeiras já estão automaticamente classificadas para a 3ª fase (semifinais). Nesta fase, o 3º melhor colocado jogará contra o 6º, já o 4º contra o 5º colocado, em jogos únicos e com o mando de campo da equipe de melhor campanha na 1ª Fase.

3ª Fase (Semifinais) - Os dois mais bem colocados na primeira fase jogam em casa contra os vencedores da 2ª Fase.

4ª Fase (Grande final) - Vencedores da semifinal, realizam jogos de ida e volta, definindo o grande campeão do Campeonato Pernambucano Série A1 2020.

 

  • Equipes 

 

Sport: atual campeão Pernambucano, buscará o bicampeonato

O Leão da Ilha do Retiro chega mais uma vez como favorito a conquistar o estadual. Em 2019, foi campeão nos pênaltis, contra o Náutico, e este ano, a equipe terá a força de ter conquistado o acesso a Série A do Brasileirão de 2020.

Apesar de frequentar novamente a mais alta divisão nacional, os rubro-negros terão que espantar dentro de campo, a desconfiança de sua torcida. Desconfiança essa, causada pela perda de nomes importantes no elenco que conseguiu o acesso, como Guilherme e Charles. Somada a saída de ambos, a equipe passa por um grande problema financeiro, que o forçou a realizar contratações pontuais e de pouco conhecimento entre os torcedores rubro-negros.

Somado aos demais problemas, o clube ainda não contará com os novos reforços pelo menos para o início do estadual, pois o meia chileno Mark Gonzalez, que passou pelo Sport em 2016, cobrou na justiça salários atrasados do clube. Com o caso na justiça, o Sport fica impedido de escrever novos atletas.

Principais Contratações: Leandro Barcia (Ex-Goiás), Ewandro (ExFluminense e AthléticoPR) e o retorno de Rithely.

Náutico: Timbu conta com a força do caldeirão dos Aflitos e volta de ídolos para conquistar mais um título

Após um ano mágico, o Náutico chega para o Campeonato Pernambucano de 2020 cheio de otimismo. A confiança não é à toa. O Timbu, além de estar de volta a Série B este ano, sagrou-se campeão da Série C, o primeiro título nacional alvirrubro. Para a atual temporada, a grande gestão feita pelo Presidente reeleito Edno Melo e cia, fez mais uma vez torcida ir ao delírio com a volta de um grande ídolo do Náutico, Kieza.

Ex-jogador do Fortaleza, o atacante de 33 anos, volta ao time em que viveu sua melhor fase. Com a camisa alvirrubra, Kieza teve destaque em 2011, quando acabou a Série B daquele ano como artilheiro da competição, além de uma grande campanha da Série A do ano seguinte.

Quem também está de volta aos Aflitos, é Erick. Formado no Náutico, o atacante chega por em empréstimo de seis meses junto ao Braga-POR. Após uma ascensão meteórica, o jovem que foi negociado em 2017 com a equipe portuguesa, volta ao time pernambucano com a intenção de ajudar a equipe e ter mais tempo em campo.

Principais Contratações: Kieza (Ex-Fortaleza), Erick, Ronaldo Alves (Ex-CSA).

Santa Cruz: torcida tricolor quer esquecer o º lugar na temporada passada e quebrar jejum de três anos sem título estadual

Após um ano difícil para a equipe coral, sua torcida espera dias melhores para o time, que caiu ainda nas quartas de final do estadual e sequer se classificou para o mata-mata da Série C.

Novo técnico coral, Itamar Schulle será o responsável por tentar trazer de volta a alegria aos fanáticos torcedores tricolores. Entre as boas notícias para a nova temporada, está a permanência de Pipico, destaque da equipe em 2019.

O Santa Cruz aproveitou a pré-temporada para se reforçar, e a equipe não fez feio. O destaque entre as caras novas, é o meia-atacante Didira, ex-CSA. Além do veterano, também foi anunciado o atacante Vinícius, entretanto, o jogador recebeu uma proposta do exterior e se tornou a primeira baixa da equipe coral na temporada. Quem está de volta é o goleiro Tiago Cardoso, ídolo da torcida coral.

Principais Contratações: Didira (Ex-CSA), Toty (Ex-Cuiabá) e Tiago Cardoso.

Afogados: surpresa de 2019, a Coruja espera seguir com grandes voos

Equipe de Afogados da Ingazeira surpreendeu a todos quando eliminou nas quartas de final, o grande Santa Cruz em pleno Estadio do Arruda. Não satisfeita, a Coruja ainda aprontou contra o Carcará na decisão do terceiro lugar, conquistando assim, uma vaga na Copa do Brasil deste ano.

Para seguir incomodando os grandes do estado, o Afogados reforçou o seu elenco e contará com o “Rei dos Acessos” Pedro Manta, em seu comando.  A estreia no estadual será diante de seus torcedores, no Vianão, neste domingo (19), contra o Salgueiro, às 16h.

Principal contratação: Eduardo Eré.

Salgueiro: vice em 2015 e 2017, Carcará espera voltar a uma final, desta vez com um resultado diferente

O Carcará nos últimos anos se consolidou como a maior força do interior. Entretanto, a equipe viu este lugar ameaçado após o vice-campeonato do Central em 2018 e o terceiro lugar do surpreendente Afogados, na temporada passada.

Para recuperar esta alcunha, o Salgueiro aposta na base que foi mantida da temporada passada. Muller Fernandes e Willian Anicete são as esperanças de gols.

Principal contratação: Daniel.

Central: Patativa centenária investe em mesclar jovens e jogadores experientes no plantel para voltar a frequentar as primeiras posições.

Após o 6º lugar na temporada passada, o Central espera um ano melhor. A equipe de Caruaru completou 100 anos em 2019, mas os resultados dentro de campo não foram animadores. Vice-campeão estadual em 2018, a Patativa contará com o artilheiro Leandro Costa, que teve contrato renovado, além do experiente Danilinho, ex-Atlético MG, Tigres-MEX, entre outros times.

Principal contratação: Danilinho (Ex-Atlético-MG).

Vitória-PE: Tricolor das Tabocas mais uma vez, jogará longe de sua torcida

Equipe da Zona da Mata do Estado, o Vitória das Tabocas foi eliminado nas quartas de final na temporada passada, e espera chegar mais longe este ano. Entretanto, a equipe tricolor precisará mais uma vez mandar os seus jogos na Arena Pernambuco, já que o Carneirão segue sem condições de jogo.

Principal contratação: Alexon.

Petrolina: com pouco orçamento, luta da Fera Sertaneja deverá ser contra o rebaixamento

Após ser salvo do rebaixamento temporada passada por causa de perda de pontos do Flamengo de Arcoverde, o Petrolina e sua torcida esperam dias melhores para o elenco sertanejo. Maior campeão da Série A2, com três títulos, os tricolores não querem disputar um quarto em 2021.

Principal contratação: James Dean.

Decisão: debutante da Série A1, Falcão do Agreste tentará surpreender no estadual

Após ser campeão da Série A2 na temporada passada, o Decisão terá mais um grande desafio este ano. Para a atual temporada, o bicolor perdeu o técnico Nilson, e Alexandre Lima foi o nome escolhido pela diretoria para dirigir o time no estadual.

Principal contratação: Yuri Martins.

Retrô FC: clube-empresa de Camaragibe, aposta em grande investimento em projeto ambicioso

A Ave Fênix, profissionalizou-se apenas ano passado, conquistando de imediato o acesso a Série A1. Com um investimento de R$ 35 milhões e 500 atletas em sua base, o clube da região metropolitana planeja chegar na Série B do Campeonato Brasileiro em cinco anos. Para que isso aconteça, a equipe precisará mais uma vez se destacar, agora na Série A1. O Retrô foi ao mercado e se reforçou com jogadores conhecidos da torcida pernambucana, como o lateral Tiago Costa e o meia Moreilândia.

Principais contratações: Anderson Paraíba, Moreilândia e Tiago Costa.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo