Madureira remonta plantel para o Cariocão após saída de 25 jogadores e treinador
Foto: Luis Miguel / Madureira Esporte Clube

O Madureira encara um problema que assola diversos clubes de menor expressão estadual, que é o fim do vínculo contratual com seus atletas, onde muitas vezes são firmados em três ou até cinco meses. Segundo colocado no grupo B, nesta Taça Rio, o Tricolor Suburbano viu uma barca de 25 atletas deixarem o clube, tendo de lidar com o preenchimento do plantel em atletas das categorias de base.

As ausências no time seguem em grande proporção. Além dos oito titulares que deixaram o clube, incluindo o goleiro titular Douglas e o artilheiro Nathan, com 4 gols no Cariocão, o treinador Toninho Andrade e sua comissão, também saem, após comum acordo com a diretoria. O elenco que havia sido fechado em dezembro, durante a pré temporada, somava 31 atletas, e após a paralisação do futebol motivada pela Pandemia de Covid-19, apenas sete jogadores seguem no clube, são eles:

Lucão (goleiro), Rhuan (lateral direito), Marcelo Alves (zagueiro), Juninho (lateral esquerdo), Larusso (volante), Messias (atacante) e Ygor Catatau (atacante).

Trio de destaque, Emerson Carioca, Ygor Catatau e Wander, eram os titulares no estadual (Foto: Luis Miguel/ Madureira EC)
Do trio em comemoração, apenas Ygor Catatau (centro) seguirá no clube (Foto: Luis Miguel/ Madureira EC)

Como grande destaque, Ygor Catatau é o principal jogador dos remanescentes, pois além de titular absoluto no ataque tricolor, é o vice-artilheiro, com 3 gols marcados. Dos que seguem em Conselheiro Galvão, Marcelo Alves é outro titular, que ao lado de Rhuan, fecham a trinca dos jogadores que iniciavam as partidas desde o começo do estadual.

As baixas

O elenco que até então somou 16 pontos, firmando-se como quinto melhor time na classificação geral, com 5 vitórias em 9 partidas, teve as saídas confirmadas pelo clube:

Goleiros - Victor Guilherme e Douglas;

Laterais - Bernardo, Gedeilson, Magdiel e Marlon;

Zagueiros - Pierre, Edmário, Thiago Medeiros, Alisson e Allan Godoi;

Volantes - André Luiz, Jonata, Humberto e Denílson;

Meias - Luciano Naninho, Luccas Barreto, Bruno e Anderson;

Atacantes - Luam, Emerson Carioca, Alex Camilo, Paulo Rangel, Nathan e Wander.

Reposição

Ainda sem anunciar qualquer contratação, a diretoria do clube já trabalha com a transição de atletas oriundos do time sub-20, para o complemento do grupo. Em atividade desde o último dia 27, quando a retomada das atividades foi conduzida com o aval médico e o protocolo Jogo Seguro, aprovado pela FERJ, o Madureira terá um dos elencos com a menor média de idade nessa atual fase da competição.

Dos atletas que seguem no clube, Ygor Catatau, de 24 anos, é o mais experiente. Junto do artilheiro, o goleiro Lucão, de 23 anos, são os atletas de maior idade na equipe. A Comissão Técnica liderada por Toninho Andrade, deixa o clube depois de 9 partidas, 5 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. Até o momento o clube não confirma o novo técnico substituto, e não há definição se será interino o uma nova contratação. 

Campanha

Uma das grandes sensações no estadual, o Madureira terminou a Taça Guanabara em 3º lugar no grupo B, com 10 pontos somados. Já no returno, o time até a paralisação, ocupava o segundo lugar, firmando-se como um dos semifinalistas da Taça Rio, com 6 pontos em 3 jogos. A campanha no geral soma 16 pontos para o clube, tendo Nathan, recém saído, como principal marcador, com 4 gols.

A última partida do clube ocorreu em 16 de março, no Conselheiro Galvão, contra o Volta Redonda. Em vitória por 2 a 1, com gols de Catatau e Luam, o time enfrentará o Resende, com o mando de campo a favor, em data e local ainda não definidos.

VAVEL Logo