Mesmo com triunfo, Roger Machado destaca superioridade do Coritiba
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

A noite desta quarta-feira (12), foi muito especial para o Bahia, não só pela conquista dos três pontos logo na estreia no Brasileirão, mas também pela quebra de um tabu de 35 anos sem vencer o Coritiba. Apesar desses pontos citados acima, o técnico tricolor Roger Machado reconheceu que existem pontos a serem melhorados, além de destacar a superioridade do adversário em campo.

"Jogar como mandante você vai propor ou vai jogar de forma reativa a depender do momento do jogo. Para mim, não houve uma queda. Houve uma superioridade do adversário que conseguiu produzir em algum momento mais do que a gente, isso faz parte do esporte. A gente tem que contextualizar com o jogo do adversário que também queria vencer. Você não vai dominar o jogo inteiro. Nos momentos que não está dominando, você consiga dominar o adversário e impedir que ele produza oportunidades, isso a gente fez bem. Depois, voltamos para o jogo e criamos oportunidades para ampliar o placar", disse.

Roger Machado explicou sua visão de jogo para realizar as substituições, entre eles, o jovem Saldanha. O treinador citou que com o melhor desempenho do Coxa, o Esquadrão de Aço acabou perdendo a confiança.

"As mudanças foram porque, depois de um bom primeiro tempo onde tivemos um volume, o adversário subiu mais forte a marcação e a gente perdeu a confiança. Perdemos a confiança e começamos a lançar bola, diferente do primeiro tempo. Como não tínhamos um jogador de estatura para disputar a primeira, optei por mudar o estilo de jogo para ter a bola do pivô com o Saldanha, como foi em alguns momentos", completou.

O Bahia volta a campo contra o Red Bull Bragantino no próximo domingo (16), às 16h (horário de Brasília), no estádio de Pituaçu

VAVEL Logo