Marcelo Chamusca não é mais técnico do Náutico
Foto: Tiago Caldas/Náutico

Marcelo Chamusca não é mais técnico do Náutico. Após a derrota para o Londrina, a diretoria alvirrubra entrou em acordo com o treinador, que encerra sua breve passagem pelo clube. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (22). Chamusca deixa o time na oitava posição, com 35 pontos.

Junto com Chamusca, deixam o Náutico o seu auxiliar, Caio Autuori, e o preparador físico Roger Gouveia. A princípio, Levi Gomes, auxiliar técnico fixo, assume o time interinamente.

Contratado após a saída de Hélio dos Anjos, há pouco menos de um mês, ele iniciou o trabalho no dia 21 de agosto, no jogo contra o CSA. Foram seis jogos à frente da equipe, com três derrotas, dois empates e apenas uma vitória. O time não vence há cinco rodadas.

Foto: Tiago Caldas/Náutico
Foto: Tiago Caldas/Náutico

No comando da equipe que liderou a Série B por 15 rodadas, Marcelo Chamusca não fez um bom trabalho. Em campo, a equipe não apresentou nada de diferente e seguiu com o mesmo desempenho. Distante do G-4, o Timbu não demonstrou nenhum sinal reação e continuou em queda livre na classificação.

A diretoria trabalha para encontrar um substituto de forma rápida. Umberto Louzer, que passou pelo rival Sport no início da temporada, foi ventilado. Lisca é o nome preferido da torcida, mas o salário é totalmente fora da realidade financeira do Timbu.

O Náutico volta a campo nesta sexta-feira, às 19h, para visitar o Remo, no estádio Baenão, em Belém do Pará, pela 26ª rodada da Série B. O Timbu só tem uma vitória nos últimos onze jogos e está a nove pontos do CRB, que fecha o G-4.

VAVEL Logo