Marcelo Rocha lamenta derrota, mas valoriza desempenho do Náutico: “Tivemos uma melhora”
Caio Falcão/Náutico

Com a derrota para o Remo, na noite desta sexta-feira, o Náutico acumulou sua quarta derrota consecutiva na Série B. Líder do campeonato por 14 rodadas, a equipe pernambucana despencou na classificação e tem apenas uma vitória nos últimos doze jogos.

Apesar do mau momento e de mais um resultado negativo, o auxiliar técnico Marcelo Rocha valorizou o desempenho da equipe. Para ele, a derrota aconteceu num lance infeliz. 

“Tivemos uma melhora na produtividade, os jogadores buscaram (a vitória) o tempo todo, mas houve a infelicidade de tomar um gol no final. Os jogadores se desgastaram muito, terminamos o jogo com um a menos, infelizmente, mas o Hélio tem que ter tempo para trabalhar. Temos três dias para conversar e realizar treinos táticos com os jogadores. Os jogadores conhecem a forma de trabalho do Hélio. Diante do CRB, teremos novas opções e vamos entrar com o time forte para começar nossa virada.” — disse.

Marcelo também comentou sobre a possibilidade de lutar contra o rebaixamento. Ele ressaltou a importância de chegar aos 45 pontos, mas garantiu que o retorno de Hélio dos Anjos, que se junto à delegação alvirrubra na capital paraense ao lado de seu filho e auxiliar, Guilherme dos Anjos, credencia o Timbu a buscar uma reação na reta final do campeonato.

“Temos que pensar jogo a jogo. Toda equipe pensa em fazer 45 pontos, é o primeiro objetivo de todos para depois ir em busca de outros objetivos. Com o Náutico, não é diferente. Temos 12 jogos, Hélio vai voltar a comandar a equipe, os jogadores conhecem o trabalho e a gente vai começar uma virada neste campeonato.” — afirmou.

Por fim, outro tema mencionado na coletiva foi a ausência da dupla de zaga titular. Marcelo Rocha afirmou que os desfalques não interferiram no resultado, mas relembrou a importância de Hélio dos Anjos poder contar com mais opções para o próximo jogo.

“Acho que não - influenciou no resultado. Nossos zagueiros se portaram muito bem. Carlão oscilou, mas foi um jogador seguro, e teve a infelicidade de ser expulso. Ter mais opções é sempre válido, vão ser bons os retornos de Camutanga é Rafael Ribeiro para dar mais opções a Hélio.” — concluiu o auxiliar.

O Náutico volta a campo na próxima terça-feira, às 19h, para receber o CRB, pela 27ª rodada da Série B. A partida será na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, e terá a presença de torcedores nas arquibancadas. O Timbu é o 11º colocado e soma 35 pontos.

VAVEL Logo