Com pressão do início ao fim, CRB vence Sampaio Corrêa e cola no G-4 da Série B
Foto: Reprodução/Francisco Cedrim/CRB

Nesta quinta-feira (4), às 21h30 (horário de Brasília), o CRB enfrentou o Sampaio Corrêa, no Estádio Rei Pelé. A partida foi válida pela 33ª rodada da Série B 2021. O jogo teve domínio dos mandantes, que mandaram nas ações ofensivas.

Tática

As equipes foram totalmente opostas durante a partida toda. O CRB comandou ofensivamente e o Sampaio Corrêa apenas se defendeu para evitar que sofresse gols.

O time comandado por Allan Aal foi muito bem ofensivamente e defensivamente não comprometeu. Portanto, no ataque se portou em um 4-2-4, com apoio do meia. Pela defesa, ficou em um 4-1-3-2, com uma linha próxima da área bem compacta. A criatividade do meio ajudou demais para que a equipe criasse. Além disso, Jajá abusou da individualidade e levou perigo ao rival.

Já o Sampaio Corrêa, treinado por João Brigatti, foi bem mal na criação e ataque. Ofensivamente se portou em um 3-3-4, mas com o meio de campo mal, a equipe ficou a mercê lá na frente. Defensivamente estava montado em um 4-3-3. Luiz Daniel foi o responsável para que os visitantes não saíssem com um resultado pior.

O jogo

Inicialmente, o jogo começou muito pegado, mas com uma superioridade dos mandantes. O CRB tentava mais abrir o placar. Jajá saiu em contra-ataque, na hora de finalizar chutou fraco. Caetano cabeceou e Luiz Daniel fez grande defesa.

Posteriormente, Jajá fez mais uma boa chegada e Luiz Daniel fez belíssimo bloqueio. Assim, acabou 0 a 0 o primeiro tempo, com uma pressão maior do CRB, porém sem uma boa conclusão.

Logo no início do segundo tempo, o árbitro marcou penalidade, o VAR chamou e o juiz anulou a assinalação. Aos nove minutos, Reginaldo recebe, toca para Emerson, que mandou para o fundo das redes.

Jajá tentou novamente, saiu cara a cara com Luiz Daniel, mas o goleiro fez uma belíssima defesa. Careca saiu de frente com o gol, porém também desperdiçou a chance de marcar o segundo.

Pablo Dyego, no fim do jogo, quase marca o segundo de cabeça. Aos 48 minutos, Leo Arthur, que havia entrado durante a partida, foi expulso após xingar o árbitro. Por fim, o confronto acabou 1 a 0 para o CRB.

Destaques da partida

Os destaques do CRB foram Jajá e Emerson. Já pelo Sampaio Corrêa, Luiz Daniel merece aplausos, o goleiro garantiu que o resultado não fosse pior para a Bolívia Querida.

Classificação e próximos confrontos

Com a vitória, o CRB se aproximou do G4 e empatou com o Goiás, ambos com 54 pontos, quarto colocado. Agora, na quinta posição, a equipe entra em campo no doming0 (7), às 20h30 (horário de Brasília), para enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

O Sampaio Corrêa, com a derrota, está em 13º colocado, com 40 tentos, apenas dois acima do Londrina, primeiro time no Z4. A próxima partida é contra o Brasil de Pelotas, neste domingo (7), às 18h15 (horário de Brasília), no Castelão de São Luís.

VAVEL Logo