Em prévia da final da Sul-Americana, Athletico derrota Bragantino fora de casa
Foto: José Tramontin/Athletico-PR

Na tarde deste domingo (7), o Athletico-PR visitou o Red Bull Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid,, em Bragança Paulista, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe paranaense venceu por 2 a 0, de forma tranquila e sem levar sustos, no confronto que muitos tratavam como uma "prévia" para a final da Sul-Americana, que acontece no próximo dia 20, entre as duas equipes. Os gols foram marcados por Marcinho e Pedro Rocha.

  • Primeiro tempo equilibrado, mas sem muitos sustos aos goleiros

Os primeiros 45 minutos da partida foram marcados por um grande equilíbrio das duas equipes. As duas equipes produziam boas chaces, mas quando cheavam a meta do adversário, não conseguiam levar perigo com suas finalizações.

Apesar de chegar ao ataque, ambas as equipes não conseguiam acertar a meta. E quando acertavam, não levava perigo. Foi assim com Renato Kayzer, que recebeu uma enfiada de Nikão e chutou em cima do goleiro Cleiton, e também para o lado do Braga com Helinho e Tomás Cuello, mas que pararam nas mãos de Santos.

Essas foram as únicas finalizações certas de toda a primeira etapa, uma para o lado do Furacão e duas para o Braga. As equipes chegaram mais vezes ao ataque, mas não levavam perigo ao gol adversário.

Com o equilíbrio da partida, as equipes foram para os vestiários com o empate mínimo no placar: 0 a 0!

  • Intensidade e contra-ataques de velocidade do Furacão sobressaem no segundo tempo

As equipes vieram para a segunda etapa com uma postura na tentativa de tirar o zero do placar. A equipe de Maurício barbieri quase abriu o placar nos minutos iniciais com Ytalo, mas parou nas mãos de Santos. Entretanto, o camisa 15 do Braga estava em posição irregular.

O Athletico passou a comandar a partida e abriu o placar logo com 15 minutos da primeira etapa. Marcinho cobrou falta fechada pela esquerda, passou por todos que estavam na área e matou o goleiro Cleiton, que tentou socar a bola mas foi ineficaz. A bola já estava dentro do gol do Bragantino. 1 a 0 para o Furacão!

O Bragantino, precisando da vitória para colar nos líderes, partiu ao campo de ataque e chegava muitas vezes com perigo. Porém, o goleiro Santos estava em mais uma tarde inspirada e defendeu tudo que era tentado dos jogadores do Massa Bruta.

Nos acréscimos, em uma aula de contra-ataque da equipe de Alberto Valentim, Pedro Rocha liquidou a partida para o Furacão marcando o segundo da equipe.

Com a vitória, o Furacão pula para a 11ª posição, enquanto o Red Bull Bragantino segue na 4ª colocação. Na próxima rodada, o Athletico-PR encara o Ceará, enquanto o Massa Bruta enfrenta o Santos.

VAVEL Logo