Diniz pede desculpas à torcida após derrota para o Vitória e defende elenco: "Bem montado"
Foto: Divulgação / Vasco da Gama

As chances matemáticas do Vasco da Gama voltar à Série A do Campeonato Brasileiro em 2022 se acabaram nesta quarta-feira (10). Em pleno São Januário, a equipe perdeu para o Vitória, por 3 a 0, em partida válida 35ª rodada da Série B 2021. Após a partida, em entrevista coletiva, Fernando Diniz não se eximiu da culpa e pediu desculpas à torcida.

Em um primeiro momento, Diniz deixou claro que a torcida do Vasco merece muito mais. "Eu tenho é que pedir desculpas ao torcedor do Vasco, que merece muito mais do que isso. O torcedor merece muito mais e temos que entregar muito mais. Temos que falar de agora e pedir desculpas. O torcedor veio aqui e em boa parte do jogo nos apoiou. E nós entregamos isso aí. Então temos que nos envergonhar", disparou.

Depois, o técnico do CRVG falou sobre a relação com o clube. "Eu não estou pensando em continuidade. Não sou de fazer planos para o futuro. Não tenho a mínima pretensão de falar de planejamento. Da minha parte esforço nunca faltou. Eu amo futebol, eu quis vir para o Vasco e adoro estar aqui no Vasco", comentou.

No 4-2-3-1 de Fernando Diniz, o Vasco teve mais posse de bola (71%) e finalizou mais vezes (treze a doze). Também no 4-2-3-1 e comandado por Wagner Lopes, o Nêgo. igualou no número de finalizações certas em direção ao gol: cinco a cinco.

Trajetória e planejamento

Pensando em retrospectiva e em longo prazo, o técnico do Gigante da Colina assumiu que desperdiçou chances de "embalar" na competição. "Eu cheguei depois, mas tenho minha parcela de responsabilidade. Desde que cheguei aqui, a gente teve dois momentos muito favoráveis para arrancar para o acesso e não soube aproveitar. Foram momentos em que tinha que ter segurado, que o torcedor estava do nosso lado, compareceu e incentivou", destacou.

Interrogado sobre o planejamento da equipe, o treinador destacou o quanto a visão sobre o elenco mudou conforme o tempo passou. "Nós não demos conta de levar o Vasco ao acesso, mas os jogadores são bons. O Zeca é campeão olímpico, Morato veio do São Paulo. Acho que o elenco foi bem montado. Hoje, a gente vê que errou, não conseguimos. Todo mundo envolvido nisso acabou errando, teve sua parcela de contribuição", finalizou.

Na próxima rodada da Série B, o Vasco viaja para enfrentar o Vila Nova, na próxima segunda-feira (15), às 18h (Horário de Brasília).

VAVEL Logo