Claudinei Oliveira celebra triunfo crucial do Avaí em Recife: "É fantástico depender só de você"
Foto: Divulgação/TV Avaí

Depois da vitória sobre o Náutico nos Aflitos neste domingo (21), por 2 a 1, o Avaí só depende de si para subir para a elite do futebol brasileiro. Getúlio e Renato marcaram os gols da vitória avaiana na penúltima rodada da Série B 2021, em Recife.

Após a vitória, o treinador Claudinei falou um pouco sobre a situação da equipe em relação ao acesso, quando questionado que só depende de si.

"É fantástico, você precisar de você. A gente sabia que esse era o cenário, a gente precisava vencer o jogo, entramos em campo sabendo do resultado do CSA, que foi ruim pra nós. A fala de todos dentro do vestiário foi essa, nós só dependemos da gente. Não podemos ter medo agora porque o CSA ganhou, não muda nada, precisamos ganhar os dois jogos da mesma maneira".

Questionado sobre o Náutico, Claudinei destacou que sabia sobre a saída de jogo por baixo em troca de passes, que foi explorada no lance do primeiro gol.

"Sim, a gente acompanha o Náutico, eles tentam propor o jogo desde lá de trás. Contra o Vasco, eles sofreram dois gols assim, em saída de bola errada, a gente sabia deste estilo de jogo deles, de querer sair jogando, se arriscando um pouquinho mais. Então, se você ver o lance, o Bruno sai pra surpreender o Matheus Jesus, consegue a roubada de bola e da assistência para o Getúlio. Então a gente tinha estudado, lógico, o Náutico, tivemos uma semana pra trabalhar em cima disso e graças a Deus a gente conseguiu fazer o gol".

Situação de Getúlio

O treinador falou, após ser perguntado sobre a decisão de substituir Getúlio, devido o desgaste físico, se o atleta não aguentaria jogar mais um pouco ou se estava limitado aso 45 minutos devido a sequência de jogos. 

"O Getúlio a gente sabia que não ia suportar o segundo inteiro, ele já jogou conta o Guarani meio que no sacrifício, a gente tratou ele a semana inteira, trabalhou normalmente com bola aqui em Recife, mas a gente achou que até que ele suportaria um pouco mais. Ele sentiu um mal estar, ele disse que não estava se sentindo bem. Não foi a questão da lesão na coxa não, foi uma questão de estar se sentindo mal, não tinha dormido bem a noite com alimentação não estava muito bem, enfim. Subindo o vestiário ele já me falou: 'professor não vou aguentar, não estou me sentindo bem'".

Próxima batalha em busca do acesso

Com 61 pontos, o Leão está na terceira colocação. Na última rodada da competição, o Avaí enfrenta o Sampaio Corrêa, em casa, em busca da vitória para concretizar o acesso à Série A neste domingo (28), às 16h.

VAVEL Logo