Palmeiras sai na frente cedo, resiste à pressão do São Paulo e vai para final da Copinha
Foto: Angelo Salvioni/Palmeiras

E na Arena Barueri, com torcida do São Paulo apenas, o Palmeiras venceu o São Paulo com gol cedo, de Giovani, e se classificou para a grande final da Copinha. A partida aconteceu na noite do último sábado (22) e ficou marcada também pelo triste episódio da invasão dos torcedores no gramado, inclusive com uma faca.

Com a vitória o Palmeiras enfrentará o Santos na grande final, que acontece na próxima terça-feira (25), como é a tradição, no aniversário de São Paulo. A partida deve acontecer às 16h, ainda sem local definido.

Palmeiras na final!

E a primeira jogada de perigo foi o Palmeiras abrindo o placar! Pablo errou o drible na entrada da área e teve a bola roubada por Giovani, que saiu cara a cara com Young e bateu forte para abrir o placar com cinco minutos!

Giovani comemorando o gol do Palmeiras
Giovani comemorando o gol do Palmeiras

A primeira chance do São Paulo foi num chute de fora da área de Vitinho que saiu pelo lado esquerdo do gol aos 11. Dois minutos depois Caio achou Vitinho, que bateu alto e carimbou a trave!

Com 14 Nathan achou Maioli na área, que bateu forte, mas Mateus espalmou para longe. A partida seguiu e teve o número de chances diminuída com o tempo e o nervosismo dos jogadores. Aos 33 Caio conseguiu o cabeceio em um escanteio e mandou pela direita do gol.

O Palmeiras respondeu no lance seguinte em um lançamento onde Vitinho desviou e Gabriel Silva cabeceou forte, mas em cima de Young!  Aos 38 Luiz Henrique levantou uma bola na área e Maioli desviou de cabeça, mandando por cima do gol, tirando um "uuh" da torcida na Arena Barueri.

Na segunda etapa, já com um minuto, Maioli bateu forte, da direita, e obrigou Mateus a espalmar, com ele quase deixando a bola no pé do atacante tricolor, mas a defesa tirou para longe. Aos oito Caio foi quem bateu cruzado da direita, mas dessa vez Mateus ficou com a bola sem dar rebote.

Aos 10 Petri conseguiubo chute e mandou por cima do gol, com desvio. Dois minutos depois Luiz Henrique bateu de fora da área e mandou por cima do gol. Aos 25, mais uma vez o São Paulo chegou, com Vitinho batendo por cima do gol.

Aos 36, ainda pressionando muito sem deixar o Palmeiras sair, o São Paulo chegou mais uma vez, em uma falta batida por Luiz Henrique que foi desviada nas mãos de Mateus.

Aos 48 minutos, em um levantamento na área, Talles Wander acertou a trave direita de Mateus! E no final da partida, uma cena triste: um torcedor - provavelmente do São Paulo - invadiu o gramado e tentou acreditar o jogador do Palmeiras, inclusive com uma faca na mão.

Após esse triste episódio, aos 57, Tales conseguiu o chute, mas Mateus ficou com ela.

VAVEL Logo