Em noite inspirada, Marília comanda vitória do Cruzeiro contra Flamengo
Foto: Nayra Halm / Staff Images Woman / CBF

Demorou, mas o Cruzeiro encontrou o caminho das vitórias na sexta rodada do Brasileirão Feminino. No Luso-Brasileiro, as Cabulosas brilharam no primeiro tempo para fazer o placar de 4 a 2 sobre o Flamengo, que reagiu depois do intervalo e diminuiu a vantagem. 

Em noite iluminada, Marília marcou três vezes e Vanessinha, de pênalti, ampliou para a Raposa, enquanto Duda e Andressa diminuíram para as Meninas da Gávea.

Estrela em hat-trick

As Cabulosas não tomaram conhecimento de serem as visitantes e partiram para cima da equipe rubro-negra. Logo no primeiro minuto, Marília ganhou de Núbia, entrou dentro da área e mandou com perigo à esquerda do gol. A atacante conseguiria comemorar três minutos depois o seu primeiro tento celeste. Mariana Neiva cobrou escanteio, a defesa afastou parcialmente e a camisa 20 balançou as redes.

O tempo era inimigo das comandadas de Luís Andrade. Tinha intensidade como as adversárias, mas pecava na desorganização dentro de campo. Aos 16, Mariana Santos levantou na área. Marília emendou um lindo voleio no ângulo e ampliou as vantagens das Cabulosas. O nome da noite estava com uma estrela resplandecente. 

Em nova assistência de Mariana Santos, a atacante bateu de primeira, acertando o cantinho de Kaká. A grande diferença no placar obrigou o técnico a mudar. Núbia, que já estava amarelada, deu lugar para Duda Rodrigues. O Flamengo chegava até a intermediária, mas era desarmado. Duda até ameaçou em cobrança falta, contudo, mandou por cima da meta de Rubi. 

Enquanto as mandantes não conseguiam ameaçar, o Cruzeiro tratou de aproveitar as oportunidades. Vanessinha recebeu no contra-ataque e acabou sendo derrubada por Kaylane dentro da área. A própria soltou um foguete e converteu no meio do gol. 

Foto: Divulgação/Cruzeiro
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Domínio rubro-negro e falha

Depois do intervalo, as Meninas da Gávea subiram a linha de marcação e ficaram rondando a meta, mas sem furar a defesa da Raposa, que buscava sair em contragolpes. Apesar de estar mais recuado, o time de Felipe Freitas conseguiu uma boa escapada. Vanessinha foi enfiada com liberdade, tentou tirar de Kaká, que soube fechar o ângulo. Ela perdeu tempo, a zaga chegou e finalizou para fora.

Com o passar do tempo, era visível o cansaço das visitantes devido a intensidade da outra etapa, que não administrava e entregava a bola rapidamente para as cariocas. Aos 31, Duda aproveitou cruzamento da direita, desviou de cabeça dentro da pequena área, mas Rubi mostrou reflexo para salvar.

A arqueira nada pôde evitar pouco tempo depois. Monalisa cruzou e Duda bateu de chapa, acertando o cantinho da baliza estrelada. Contudo, a falha na reta final foi a mais evidente. Andressa arriscou de longe, Rubi errou no posicionamento, furou ao agarrar e viu a redonda entrar. Apesar da falha, a camisa 1 protagonizou grande defesa em chute forte de Leidi. 

Classificação

A vitória deixa o Cruzeiro fora da zona de rebaixamento. De penúltimo colocado para 11ª posição, com cinco pontos.  Já o Flamengo perdeu uma posição e figura o sétimo lugar, somando oito.

O que vem por aí

No próximo sábado (23), o Flamengo visita o Internacional, no Beira-Rio, às 14h (de Brasília), enquanto o Cruzeiro joga no dia seguinte contra a Ferroviária, na Fonte Luminosa, às 18h (de Brasília).

VAVEL Logo