O Flamengo saiu vencedor contra o Fluminense na tarde deste domingo (25), no Maracanã. O jogo terminou em vitória Rubro-negra por 2 a 0, com gols de Pedro e Everton Cebolinha, a equipe carioca conquistou três pontos, e se isolou como líder na tabela do campeonato Carioca.

Na coletiva, o treinador do Flamengo, Tite, foi questionado sobre a situação do ex lateral-direito Daniel Alves, que foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, mas o técnico optou por não julgar o caso.

Daniel Alves

"Eu entendo a tua pergunta. Eu não posso fazer julgamento sem ter todos os fatos e as informações verdadeiras a respeito. Posso falar conceitualmente. Conceitualmente, todo erro deve ser punido. Mas não sou julgador e não tenho todos os fatos. Fora que há uma etapa de um profissional que trabalhou comigo e existem outras etapas profissionais e pessoais que ele também exerce. Essas eu não conheço e não posso julgar, tenho que ter muito cuidado".

"Vou dizer mais: quando fui numa coletiva que houve um problema com Neymar, foram 24 perguntas, tive que responder 18 a respeito de um suposto. E eu disse a mesma coisa, que eu não tinha conhecimento aprofundado. Mas quem erra deve ser punido. Foi assim que eu fui educado. Primeiro te ensino, segundo tu é punido para que aprenda."

Tite também foi questionado sobre sua fala polêmica dita no início do ano, onde o mesmo dizia que o Campeonato Carioca era o estadual mais difícil do Brasil, o mesmo deixou a entender que sua fala foi mal interpretada. 

Fala polêmica

"Quando eu quis dizer que o Campeonato Carioca era o mais difícil era sobre o momento dos 4 grandes. Flamengo, um grande poderio, Botafogo esteve na eminência do título e mantendo a estrutura, Fluminense campeão da Libertadores e o Vasco em ascensão. Em comparação ao momento dos grandes de São Paulo... falei que é o mais difícil".