Fábio Carille expressa desejo por renovação de Balbuena: "Espero que chegue num acordo"

Após a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, no clássico "Majestoso", o técnico do Corinthians, Fábio Carille, concedeu entrevista coletiva falando sobre possíveis mudanças e futura semana de trabalho e treino com os jogadores que não são titulares

Fábio Carille expressa desejo por renovação de Balbuena: "Espero que chegue num acordo"
Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians venceu o São Paulo por 2 a 1 neste sábado (27) no Pacaembu, em São Paulo. Foi o primeiro clássico do Timão no ano, e já saindo com vitória, mas o treinador Fábio Carille não se mostrou totalmente satisfeito com a atuação do time, e afirma, como de costume, que irá trabalhar para deixar o time mais entrosado para o restante do Paulistão, e de outras competições.

Vitoria é sempre importante, com vitória as coisas ficam mais fáceis, mas precisamos saber melhorar, muitas vezes a vitória pode esconder muitas coisas e a derrota parece que está tudo errado, mas não é assim. Segundo tempo não ficamos com a bola, conseguimos envolver o são Paulo mas vou tentar melhorar isso, mas temos que ficar mais com a bola, desde a saída de bola com o Cássio pra bola chegar com qualidade nos pés de Jadson e do Rodriguinho”, declarou Carille em entrevista coletiva.

O treinador também viu momentos positivos da partida, e principalmente da dupla de meio campo, Jadson e Rodriguinho, que participaram diretamente do primeiro gol do Corinthians logo no começo do jogo.

Gostei muito do primeiro tempo do Rodriguinho e do Jadson, um procurando o outro, criamos e conseguimos ser superiores no meio de campo e eu tenho certeza que isso vai melhorar ao decorrer dos jogos”, elogiou Carille.

Na segunda etapa do jogo, uma substituição pegou todos de surpresa, sendo a saída do lateral Juninho Capixaba, para a entrada do jovem Guilherme Romão. O técnico explicou a razão de ter feito a substituição naquele momento, e não outra, que já estava planejando.

A questão da substituição do Juninho foi porque ele pediu, ele sentiu, ia colocar o Marquinhos Gabriel naquele momento para termos uma melhora em questão de velocidade, mas quando ele pediu, tive que fazer. Juninho é jovem ainda, tem 20 anos ainda, está aprendendo a jogar da nossa forma, mas me deixa feliz que ele tenha personalidade e tem muita qualidade com a bola no pé”, informou o treinador.

O autor do segundo gol do Corinthians, Balbuena, vem sendo assunto de entrevistas sobre a permanência do “xerife”, como é chamado pela torcida, mas Carille disse não saber sobre a negociação e o futuro do jogador no time, que tem contrato até o final do ano.

Ele já vem jogando desde o ano passado com Pablo, sendo a defesa menos vazada, sei que tem contrato até o fim do ano, mas a diretoria não me posicionou e eu não gosto muito de me enfiar nessas questões, é uma questão muito pessoal do jogador e da família, mas espero que o Balbuena continue, pois é um dos pilares da equipe, e espero que chegue num acordo pra continuar com a gente”, declarou, esperançoso, Fábio Carille.