Rueda afasta necessidade de 'futebol bonito' após empate contra Chape: "Bom resultado"

Treinador do rubro-negro diz que o Fla não precisa mostrar um futebol bonito e elogiou postura da Chapecoense

Rueda afasta necessidade de 'futebol bonito' após empate contra Chape: "Bom resultado"
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Na noite desta quarta-feira (13), Flamengo e Chapecoense empataram por 0 a 0, pelas oitavas de final da Sul-Americana. Após a partida, Reinado Rueda concedeu entrevista coletiva e admitiu que já esperava um jogo amarrado na Arena Condá. Mesmo não conseguindo marcar, o treinador rubro-negro viu com bons olhos o resultado para um confronto de ida e volta.

"Do ponto de vista analítico, foi um bom resultado. É um jogo de 180 minutos. Essas partidas de Sul-Americana, às vezes são para guerrear, e o Fla quer jogar bonito sempre. Partidas internacionais, às vezes não se joga, se compete. E o Flamengo tem que diagnosticar isso. Jogo bonito para plateia é quando estiver 6 a 0. Com o placar 0 a 0, temos que competir, correr e guerrar", analisou.

Rueda reconheceu o futebol intenso da Chape e assumiu que os seus jogadores não conseguiram impor seu ritmo e assim ditar o jogo fora de casa.

"Sabemos que Chapecoense está passando por um momento difícil, mas está fazendo jogos muito intensos. Como fez contra o Cruzeiro semana passada. Esperávamos um jogo assim, com essa intensidade. Nos custamos a adaptar, os primeiros minutos foram difíceis, com muitas bolas dividas. É o que tem sido característico desta Chape, muito combativa, aguerrida, que não deixou o Fla expressar todo seu futebol", disse Rueda. 

Na possibilidade de escalar Thiago ou Alex Muralha no gol já pensando na final da Copa do Brasil, o técnico do Flamengo preferiu escolher Diego Alves como o goleiro da partida. Perguntado sobre o porquê da escolha, o colombiano esclareceu dizendo que Diego passa mais confiança aos jogadores.

"Vínhamos de perder para o Botafogo e o Diego dá tranquilidade ao grupo. Vinha com mais ritmo do que Thiago ou Muralha, que estão trabalhando bem. No momento que entrarem em campo, vão responder bem. A escolha do banco vai do jogo.", explicou.

O jogo da volta será na próxima quarta-feira (20), em partida que será disputada na Ilha do Urubu, com bola rolando a partir das 19h15 (horário de Brasília).