Rueda evita falar em ano frustrado e dá voz às críticas da torcida: "Direito deles"

Treinador do Flamengo destacou protesto dos torcedores no Maracanã após empate; em entrevista, Rueda preferiu manter a calma ao falar sobre o 2017 rubro-negro

Rueda evita falar em ano frustrado e dá voz às críticas da torcida: "Direito deles"
(Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images)

Após empatar com o Fluminense no Maracanã, o Flamengo segue com sua sequência de jogos sem vencer - nos últimos quatro confrontos, foram três empates e uma derrota. A última vitória da equipe foi na 24ª rodada do Campeonato Brasileiro; na ocasião, 2 a 0 para os cariocas contra o Sport

Ao final do clássico desta quinta (12), a torcida no Maracanã soltou o grito e fez duras críticas à equipe rubro-negra. Dentre os cantos entoados, destacam-se os de "vergonha, time sem vergonha" e "não é mole não, para jogar no Mengo tem que ter disposição". Mesmo estando visivelmente irritado com o placar, Reinaldo Rueda assimilou bem as críticas vindas dos torcedores.

"Acho que eles tem toda a razão, a torcida quer que a equipe ganhe. Penso que é nosso compromisso (vencer). A equipe fez um grande esforço. Infelizmente, tomamos esse gol contra, uma situação que é sempre imponderável no futebol. Pelo resultado, eles (torcedores) têm razão de criticar, mas pelo esforço que a equipe fez em campo, acho um pouco forte. Apesar disso, é direito deles", afirmou.

Em entrevista pós-jogo, o treinador do Flamengo evitou falar sobre uma possível frustração com o 2017 do Rubro-Negro. Para o comandante, é necessário entender a transição que vive o clube antes de falar sobre os altos investimentos financeiros que foram feitos. 

 

Rueda chegou visivelmente irritado à sala de coletiva no Maracanã (Foto: Bárbara Mendonça/VAVEL Brasil)
Rueda chegou visivelmente irritado à sala de coletiva no Maracanã (Foto: Bárbara Mendonça/VAVEL Brasil)

"Não podemos nos precipitar, estamos fazendo uma transição muito difícil. Até agora, não ganhamos jogos importantes que reforcem a confiança da equipe, mas acredito que não podemos falar de frustração nesse momento. Ainda faltam muitas rodadas (no Brasileiro) e não podemos nos distrair", completou o comandante. 

Durante a coletiva, Rueda aproveitou para fazer uma breve análise sobre os pontos fracos de sua equipe no confronto. O técnico ainda deixou claro que já pensa no clássico da Sul-Americana - Flamengo e Fluminense se reencontram pelas quartas de final do torneio continental no dia 25 de outubro, no Maracanã. 

"Devemos melhorar nosso rendimento. Falta tomarmos melhores decisões na última jogada, no último passe, para talvez encontrarmos o resultado e os gols. No futuro, penso que vai ser uma grande partida e muito equilibrada. O Fluminense é uma grande equipe, que tem jogadores muito habilidosos", concluiu.

Comandado por Reinaldo Rueda, o Flamengo volta a campo no próximo domingo (15). Em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro enfrenta a Chapecoense fora de casa, na Arena Condá.

Flamengo