Apoio ao capitão: Guerrero chega ao Peru para reunião e é recebido por multidão de torcedores

Atacante desembarcou em Lima para encontrar-se com executivos da Federação Peruana de Futebol; camisa 9 está acompanhado de um de seus advogados e um bioquímico

Apoio ao capitão: Guerrero chega ao Peru para reunião e é recebido por multidão de torcedores
(Foto: Reprodução/Twitter)

Após embarcar no Rio de Janeiro durante a madrugada, Guerrero já chegou a Lima; o camisa 9 tem reunião marcada com a Federação Peruana de Futebol neste domingo (5). O jogador foi recebido por uma multidão de torcedores na chegada à capital, que fizeram questão de demonstrar seu apoio ao capitão da Seleção.

Guerrero chegou à cidade peruana acompanhado de Pedro Fida (um de seus advogados), além do bioquímico Luiz Claudio Cameron. O encontro marcado com a cúpula da entidade peruana busca entender melhor os motivos por trás do resultado analítico adverso no antidoping.

O regulamento antidoping da Fifa atribui aos jogadores o pleno controle das substâncias em seu corpo. Por isso, quaisquer compostos ilícitos encontrados já são caracterizados como infrações - não é necessário apresentar intenção de uso. A defesa de Guerrero busca entender a origem da benzoilecgonina em sua urina para, posteriormente, negociar uma atenuação da pena dada ao camisa 9.

Em meio a polêmica com Guerrero, entenda como funciona o passo a passo de exames antidoping

Relembre o caso:

Na última sexta-feira (3), Guerrero tomou conta das notícias por um resultado analítico adverso no antidoping; posteriormente, foi comprovado que a substância em questão é um metabólito da cocaína. A defesa do peruano já pediu a abertura e análise da contraprova (frasco B de urina).

Enquanto o caso se desenrola, Guerrero foi suspenso preventivamente pela Fifa por 30 dias - consequentemente desfalcando o Peru na repescagem das Eliminatórias. O atacante também não poderá atuar pelo Flamengo, seu atual clube, que emitiu nota enaltecendo a "conduta profissional exemplar" do atleta.