Emocionante! Verstappen supera Leclerc nas últimas voltas e vence GP da Áustria
 Verstappen deu um show diante da torcida holandesa, para faturar sua sexta vitória na F1. (Reprodução Twitter Red Bull Racing)

Emocionante! Verstappen supera Leclerc nas últimas voltas e vence GP da Áustria

Holandês largou da segunda colocação, perdeu posições na primeira volta, mas imprimiu um ritmo de corrida impressionante e conseguiu ultrapassar o pole italiano na parte final da prova

felquint08
Felipe Quintella

Max Verstappen venceu com categoria o GP da Áustria, disputado no Red Bull Ring, em Spielberg. Mas nas primeiras voltas isso era uma possibilidade bem remota. O holandês não largou bem e caiu para sétimo colocado. Porém, foi recuperando posições até conquistar a quarta colocação depois da rodada de paradas, com Vettel, Bottas e Leclerc.

Então, impulsionado por uma multidão de torcedores, ultrapassou o alemão e o finlandês, restado apenas a revelação da Ferrari como adversário. A diferença foi caindo, até que uma belíssima disputa de posição se deu entre os dois jovens pilotos. Eventualmente, na forte freada para a curva 2, Verstappen mergulhou e ultrapassou Leclerc, deixando pouco espaço para o monegasco, que acabou saindo da pista.

Depois disso, o holandês disparou na liderança para vencer pela segunda vez seguida na Áustria. Ele ainda fez a melhor volta da corrida, levando seu ponto extra. É a primeira vitória da Honda na F1, desde seu retorno à categoria. A Red Bull reconheceu o feito levando um representante da fabricante de motores para o pódio.

O lance da ultrapassagem definidora da corrida entrou em investigação pela FIA. Até o momento, a vitória permanece com Verstappen

Uma primeira vitória frustrada 

A corrida de Charles Leclerc também foi muito forte, sendo que o piloto da Ferrari largou e bem e não foi incomodado durante praticamente toda a prova. Ele largou com os pneus macios, enquanto Verstappen, Bottas e Hamilton começaram com os médios.

Isso resultou em uma parada mais adiantada em relação aos rivais, na volta 23. Mesmo assim, Leclerc administrou bem sua vantagem e manteve a ponta após as paradas. Tudo indicava que essa seria sua primeira vitória, mas o ritmo de Verstappen não ajudou.

O terceiro colocado foi Valtteri Bottas, que fez uma prova apagada. Como dito, ele largou com os médios, mas parou antes de Leclerc. A Ferrari decidiu marcar o finlandês e chamou Vettel. Mas se atrapalhou fe na parada, o que manteve Bottas na segunda colocação, até ser ultrapassado por Verstappen. Apesar do pódio, um desempenho que nada lembra o início de temporada do número 77.

Sebastian Vettel correu uma sólida corrida de recuperação, saindo de nono para chegar em quarto. O alemão perdeu a oportunidade de ter a segunda colocação depois da parada, mas se recuperou bem. Mais para a parte final perdeu a terceira colocação para Verstappen, e logo depois fez outra parada na volta 50, colocando os macios. A princípio uma decisão sem sentido, mas que foi fundamental para chegar em Hamilton e conseguir uma ultrapassagem. 

Foto: Reprodução / Red Bull Racing
Foto: Reprodução / Red Bull Racing

Depois de ganhar seis das oito corridas iniciais de 2019, Hamilton não repetiu o desempenho praticamente perfeito na Áustria. Largou de quarto, assumiu a liderança com as paradas de Bottas e Leclerc, mas não conseguiu imprimir um ritmo forte. Nas voltas que tinha para abrir vantagem, não voou como precisaria para ganhar a posição definitivamente. Na sua parada, na volta 30, teve que trocar a asa dianteira, o que resultou na perda da posição para Vettel. Depois disso, o britânico não conseguiu alcançar mais ninguém. Terminou na quinta posição.

Briga boa também do no pelotão intermediário

Lando Norris terminou a corrida na sexta colocação, depois de boas brigas com Kimi Raikkonen e Pierre Gasly. O jovem piloto da Mclaren até ousou a disputar posição com Hamilton na largada, assumindo a terceira colocação temporariamente. Raikkonen terminou em nono e Gasly em sétimo, mas o veterano finlandês deu uma boa canseira para francês na Red Bull na pista. Gasly chegou até a levar volta do companheiro Verstappen, algo nada bom para seu futuro na equipe. 

Carlos Sainz foi punido por troca de motores e largou da penúltima posição. Mas na bandeirada o espanhol cruzou em oitavo, um resultado que mostra a melhora da Mclaren. Antonio Giovinazzi completou o Top 10 em décimo, marcando seu primeiro ponto na carreira.

Depois dessa corrida de altíssimo nível, a Fórmula 1 retorna daqui a duas semanas, para o GP da Inglaterra, em Silverstone.

VAVEL Logo