Ferrari troca motor, e Carlos Sainz larga no fim do grid no GP da Turquia
Foto: Divulgação/Ferrari

A Ferrari confirmou nesta sexta-feira que vai trocar o motor de Carlos Sainz para o GP da Turquia de Fórmula 1. Por isso, o espanhol vai largar do fundo do grid.

A escuderia italiana utilizará no carro do espanhol a quarta unidade de potência em Istambul, implantado pela equipe no carro do seu companheiro, Charles Leclerc, no GP da Rússia. Desta forma, Sainz sofrerá a punição automática.

O novo motor tem sistema híbrido e foi bastante elogiado por Leclerc em Sóchi. "Eu sinto que - essa unidade de potência - é um pouco melhor, o que é ótimo. E obviamente os dados confirmam isso, então sim, é ótimo" - disse o monegasco.

Carlos Sainz chegou em terceiro no GP da Rússia e vive um bom momento na Ferrari. A equipe, inclusive, com três vitórias do brasileiro Felipe Massa, é a maior vencedora do circuito de Istambul. O histórico positivo fortalece a escuderia italiana nesta etapa.

Divulgação/Ferrari
Divulgação/Ferrari

O GP da Turquia será a 17ª etapa da Fórmula 1. A corrida ocorre no próximo domingo, dia 10, às 10h. Lewis Hamilton lidera o mundial de pilotos com 246,5 pontos, seguido de perto por Max Verstappen, que soma 244,5.

VAVEL Logo