Carreño Busta e Dimitrov passam bem na estreia em Monte Carlo; Berrettini é eliminado
Foto: Alvaro Díaz/Andalucía Open

Campeão no fim de semana em Marbella, o #12 Pablo Carreño Busta estreou bem no Masters 1000 de Monte Carlo nesta terça-feira (13). O espanhol derrotou o qualifier #67 Stefano Travaglia em dois sets, parciais de 7/5 e 7/6(5), em 2h05. Este foi o segundo encontro entre eles, e a segunda vitória de Carreño Busta.

O espanhol enfrentou cinco break points na primeira parcial, sendo três deles set points para o italiano, mas salvou todos. Travaglia só cedeu bps em um game, o nono, mas acabou cedendo a quebra que Carreño Busta precisava para vencer o set.

Travaglia chegou a abrir 2/0 no segundo set, mas Carreño Busta conseguiu devolver a quebra logo na sequência. Os dois chegaram a discutir durante a parcial, após o italiano reclamar que algum membro do staff do espanhol ter comemorado durante um ponto. Com os ânimos mais calmos, o qualifier teve que salvar quatro break points e conseguiu forçar o tiebreak. No game desempate, porém, o cabeça de chave 12 só perdeu um ponto no saque e garantiu a vitória

Na segunda rodada do Rolex Monte-Carlo Masters, Carreño Busta encara o #23 Karen Khachanov. O russo vem de vitória tranquila sobre o #49 Laslo Djere, que disputou final em Cagliari dois dias atrás.

Dimitrov avança; Berrettini é eliminado

Em sua estreia no saibro em 2021, o #17 Grigor Dimitrov venceu o "tira-teima" contra o #41 Jan-Lennard Struff. Esta foi a terceira vez que os dois se enfrentaram em Monte Carlo, e a segunda vitória do búlgaro. Ele anotou 6/3 e 6/4, em 1h18.

No total, os dois já se enfrentaram seis vezes, com quatro vitórias de Dimitrov. O ex-número 3 do mundo foi muito bem nas devoluções, vencendo 22/48 pontos no saque de Struff, que foi quebrado nos três break points que cedeu.

Semifinalista em 2018, Dimitrov encara na segunda rodada o #53 Jérémy Chardy, que venceu o #42 Alexander Bublik com um placar peculiar, parciais de 6/4, 0/6 e 7/5. O búlgaro lidera o confronto direto contra o francês com três vitórias em cinco encontros.

Outro favorito, o #10 Matteo Berrettini é o melhor ranqueado a perder no torneio até agora. Em jogo válido pela segunda fase, o italiano, que folgou na rodada de estreia, perdeu por 2 sets a 0 para o jovem #58 Alejandro Davidovich Fokina, 21 anos.

O espanhol, que já havia surpreendido Alex de Minaur na estreia, anotou 7/5 e 6/3 diante do cabeça de chave 8, em 1h32. Berrettini não conseguiu controlar os nervos após perder um primeiro set equilibrado, e só venceu sete pontos no saque de Davidovich na parcial decisiva.

Em busca de entrar no top 50 pela primeira vez, Davidovich Fokina agora encara o vencedor do confronto entre o #83 Alexei Popyrin e o #86 Lucas Pouille, ex-top 10.

VAVEL Logo