Favoritos, Zverev e Dimitrov seguem firme no ATP 500 de Acapulco
Alexander Zverev venceu Laslo Djere no ATP 500 de Acapulco 2021 (ATP / Divulgação)

Cabeça de chave número dois do ATP 500 de Acapulco, o #7 Alexander Zverev não teve grandes dificuldades para vencer #54 Laslo Djere nas oitavas de final do torneio nesta quarta-feira (17). A vitória sobre o ex-campeão do Rio Open veio por dois a zero.

Em 1h33, a primeira parcial foi de 6/4 a favor do alemão, enquanto o seguinte teve vitória alemã por 6/3.

Sopa para o azar

Embora a vitória tenha sido tranquila, Zverev não deixou de bobear em alguns momentos. Nos primeiros cinco games, por exemplo, foram quatro serviços quebrados consecutivos - dois para cada lado, sendo o segundo (primeiro da série) e o quinto (o último) com sete pontos, os maiores de todo o período. No nono game, o alemão rejeitou o saque do adversário, e, no momento seguinte, o cabeça de chave 2 finalizou o set em 6/4.

O segundo set começou semelhante ao primeiro: nos dois primeiros games, duas quebras de serviço - uma cada lado. Depois, uma sequência de momentos longos: o terceiro, com sete pontos; o quarto, nove; o quinto, onze - todos com saques confirmados. Djere, então, sucumbiu: ao perder o sétimo game (que teve 11 pontos) e o nono (com nove), viu o alemão vencer o cotejo ao anotar 6/3 na segunda etapa.

Nas quartas de final do Abierto Mexicano Telcel, Zverev enfrentará o norueguês #25 Casper Ruud, que venceu jogo duro nas oitavas contra o qualifier #154 Tallon Griekspoor.

Outro favorito vencendo

Quem também venceu nas oitavas de final e segue vivo no torneio foi #16 Grigor Dimitrov. Também com parciais tranquilas, em 1h27, o búlgaro venceu o sérvio #46 Miomir Kecmanovic por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/2.

Duas quebras de serviço logo nos dois primeiros games (uma para cada lado) deram o tom do início da peleja - o primeiro deles, sacado por Dimitrov, teve 13 pontos e foi o mais longo do período. No quarto game, mais uma vez o sérvio foi rejeitado pelo adversário. O final do primeiro set também foi marcado por duas quebras de serviço consecutivas: no nono momento, nove pontos ao todo (sendo quatro set points desperdiçados pelo búlgaro); o décimo marcou o final do período, vencido pelo ex-top 5 por 6/4.

Encaixando melhor o saque, Dimitrov conseguiu superar Kecmanovic com mais facilidade no segundo período. Mais do que isso: no quarto e no oitavo games, ele conseguiu rejeitar o sérvio - dessa maneira, a vitória veio por 6/2. Os maiores momentos do período foram o segundo, o sétimo e o oitavo: sete pontos.

Dimitrov enfrenta na próxima rodada o jovem #120 Lorenzo Musetti, que vem de partida longa contra o #56 Frances Tiafoe.

VAVEL Logo