Thiago Wild e Bia Haddad superam estreia no quali de Wimbledon; Menezes e Meligeni caem
Foto: Divulgação/Wimbledon

Após a chuva impedir a entrada dos brasileiros na grama de Wimbledon, nessa terça-feira (21), o Brasil teve 50% de aproveitamento nas partidas que os tenistas nacionais disputaram o quali do Grand Slam britânico.

#127 Thiago Seyboth Wild garantiu sua participação na segunda rodada do qualifying. O número 2 do país superou o alemão #234 Tobias Kamke com um duplo 6/4. As quebras decisivas ocorreram no último game de cada set, que resultaram a vitória do paranaense. Na próxima fase, o verde-amarelo enfrenta o argentino #206 Marco Trungelliti.

Os outros dois representantes na chave masculina não tiveram sucesso. O #219 Felipe Meligeni Alves não resistiu ao bom argentino #117 Francisco Cerúndolo por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Já o mineiro #211 João Menezes foi surpreendido pelo britânico #1194 Jack Pinnington Jones, 18 anos, que é 11º colocado no ranking juvenil, por 6/4 e 6/3.

Bia Haddad avança

Quem também saiu vitoriosa no dia foi #188 Beatriz Haddad Maia. No seu retorno ao torneio londrino, ela avançou para a segunda rodada do qualificatório após vencer de virada a ucraniana #204 Daria Snigur, campeã juvenil de Wimbledon em 2019, por 3/6, 6/2 e 6/4.

Wimbledon havia sido o último torneio de Bia Haddad antes da suspensão por doping, em 2019. Agora, ela avança para enfrentar a belga #126 Ysaline Bonaventure.

VAVEL Logo